Le dynamisme de l’album en belgique francophone

Michel Defourny

Resumo


A literatura infanto-juvenil conhece um surpreendente desenvolvimento na Bélgica francófona desde uns vinte anos. Surpreende-se mesmo que um país tão pequeno possa ter na paisagem editorial contemporânea tantos autores quanto ilustradores. Se eles possuem um ponto comum, é de escaparem a qualquer corrente dominante. Eles trabalham sob o sinal da variedade. É verdade que a Bélgica francófona é um lugar de trocas e de mestiçagem culturais.


Texto completo:

PDF

Referências


Dans Hamelin n°15, avril 2006, Effetto Rashomon, Bologne.

Docquet-Lacoste, Claire; Monier-Roland, Françoise. 2005. Autour d’une oeuvre: Rascal, explorer la littérature à l’école. Collection: Argos Démarches, CRDP Aquitaine: Scéren.

Femina, Maxime Pégatoquet, 24.04.2006.

L’Europe un rêve graphique?. Ouvrage collectif sous la direction de Jean Perrot. L’Harmattan: Paris, 2001, p.22.

Linden, Sophie Van der. 2006. Lire L’album. L’atelier du poisson soluble: Le Puy en Velay.

“Josse Goffin” par divers auteurs, sous la direction de Michel Defourny, SDAC, Province de Luxembourg, 1994.

Michel Defourny, Hommage à Albertine Deletaille, coll. Textes fondateurs, Les Amis du Père Castor, Meuzac, 2002.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.