Processos de Compreensão Leitora na Língua Materna

Alessandra Baldo

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar parte dos resultados de uma pesquisa sobre uso de estratégias de leitura (Baldo, 2006), na qual se analisou a relação entre escores de compreensão leitora na língua materna e freqüência de uso de estratégias. A análise dos dados evidenciou que a principal diferença entre os leitores mais proficientes e os menos proficientes foi a habilidade de resgatar, da memória, as informações presentes no texto.


Texto completo:

PDF

Referências


ANDERSON, N. J. 1991. Individual differences in strategy use in second language reading and testing. The Modern Language Journal, 75, 460-472.

BALDO, A. 2006. Uso de estratégias de leitura na língua materna e na língua estrangeira. Tese de Doutorado não publicada. Pós-Graduação em Letras, Pontifícia

Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, RS.

BOSCOV, Isabela. 2002. 1.200.000 espectadores. Revista Veja. São Paulo: Abril, ano 35, n. 39, pp.132-133.

SAMPAIO, I. S.; SANTOS, A.A.A. 2002. Leitura e redação entre universitários: Avaliação de um programa de intervenção. Psicologia em Estudo, 7 (1), 31-38.

GRABE, W; STOLLER, F. 2002. Teaching and Researching Reading. Grã- Bretanha: Longman.

GRABE, W. 2000. Reading research and its implications for reading assessment. In: E. Kunnan, ed. Fairness and Validation in Language Assessment. Cambridge: Cambridge University Press, pp. 226-262.

PERFETTI, C. A. 1999. Comprehending written language. A blueprint of

the read. In: P. Haggort; C. Brown, eds. Neurocognition of Language Processing. Oxford University Press, pp. 167-208.

_____. 1985. Reading Ability. New York: Oxford University Press.

SARIG, G. 1983. High-Level reading in the first and in the foreign language: some comparative process data. In: Joanne Devine, Patricia Carrell, David Eskey; eds. Research in Reading in English as a Second Language.

Washington. D.C.: TESOL, pp. 105-120.

VAN DIJK, T.A.; KINTSCH, W. 1983. Strategies of discourse comprehension. New York: Academic Press.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.