Aspectos Retórico-Argumentativos do Discurso Auto-Reflexivo

Fábio Fernando Lima

Resumo


Neste artigo são examinadas as correlações entre metadiscursividade e argumentação em uma entrevista televisiva, a partir de uma ótica textual-interativa da linguagem e de parte dos estudos desenvolvidos na Teoria da Argumentação.

Texto completo:

PDF

Referências


AQUINO, Z. G. O.1997. Conversação e conflito: um estudo das estratégias discursivas em interações polêmicas. São Paulo. Tese (Doutorado em Filologia e Língua Portuguesa) — Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, São Paulo.

BEAUGRANDE, R.1997. New Foundations for a Science of Text and Discourse: Cognition, Communication, and Freedom of Access to Knologe and Societ. Norwood: Ablex.

_______; DRESSLER, W. 1981. Introduction to text linguistics. London:

Longman.

BORILLO, A.1985. Discours ou Metadiscours? DRLAV Revue de linguistique (32). Paris: Centre de Recherche de l’Université de Paris VIII, p. 91-151.

DECLERQ, G.1992. L’Art d’Argumenter. Structures rhétoriques et littéraires. Paris: Éditions Universitaires, p. 7-96.

DUCROT, O. Argumentation rhétorique et argumentation linguistique. Paris: E.H.E.S.S., s/d (mimeo).

JAKOBSON, R.1963. Essais de linguistique génerale. Paris: Editions de Minuit.

JUBRAN, C. C. A. S.1999. A metadiscursividade como recurso textual-interativo em entrevista televisiva. In: BARROS, K. S. M. (org.). Produção textual: interação, processamento, variação. Natal: Editora da UFRN, p. 9-19.

KOCH, I. G. V. G.1996.Argumentação e linguagem. São Paulo: Cortez.

MAINGUENEAU, D. 1983. Sémantique de la polemique. Lausane: L’Age

d’Homme.

______. 1997.Novas tendências em análise do discurso. Campinas: Pontes.

______.2004. Análise de textos de comunicação. São Paulo: Cortez.

MAURO, M. A. F.2001. Argumentação e discurso. In: MOSCA, L. L. S. (org.).

Retóricas de ontem e de hoje. São Paulo: Humanitas, p. 183-200.

PERELMAN, C.; OLBRECHTS-TYTECA, L.1996. O tratado da argumentação: a nova retórica. São Paulo: Martins Fontes.

RISSO, M. S.1999. A propriedade auto-reflexiva do metadiscurso. In: BARROS, K. S. M. (org.). Produção textual: interação, processamento, variação. Natal: Editora da UFRN, p. 203-214.

______. 2001. A emergência da atividade discursiva no texto falado:

sinalização metadiscursiva da busca da denominação. Estudos Lingüísticos XXXI. Assis, p. 103-111.

_______; JUBRAN, C. C. A. S. 1998. O discurso auto-reflexivo: processamento metadiscursivo do texto. DELTA, v.14, especial, p. 227-242.

ROBRIEUX, J. J.1993. Élements de Rhetorique et d’Argumentation.

Paris:Dunod, p. 97-205.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.