A Influência do Português como Língua Materna no Processo de Aprendizagem de Inglês como Língua Estrangeira: A Questão do Sujeito Gramatical

Adja Balbino de Amorim Barbieri Durão, Ana Paula Marques Beato Canato

Resumo


Neste artigo, resumimos a dissertação de mestrado de Canato, sob a orientação de Durão, que descreve os resultados obtidos em uma pesquisa realizada com aprendizes de inglês. A pesquisa teve por objetivo verificar a influência da língua portuguesa como língua materna no processo de apresentação de língua inglesa como língua estrangeira, no que concerne à questão do sujeito gramatical. Partimos do pressuposto de que os aprendizes teriam dificuldades quanto a este uso em aspectos em que as línguas se diferenciam

Texto completo:

PDF

Referências


AKMAJIAN, Adrian... [et. Al]. 1998. Linguistics: an introduction to language and communication. 4th. Ed. Massachusetts: Institute of technology.

CANATO, Ana Paula Marques Beato. 2003. A influência da língua materna/ primeira língua no processo de aquisição/ aprendizagem de língua estrangeira/ segunda língua: a questão sujeito gramatical. Londrina. Dissertação (mestrado em Estudos da Linguagem) – Centro de Ciências e Letras, Universidade Estadual de Londrina.

CORDER, S. P. 1967. The significance of Learners’ Errors. IRAL, V/4:161-170.

CYRINO, Sonia Maria Lazzarini. 1986.The Pro-drop parameter and second language acquisition.101 f. Dissertação (Mestrado — Universidade de Iowa, Iowa).

DUARTE, Maria Eugênia Lamoglia. 1996. Do pronome nulo ao pronome pleno: a trajetória do sujeito no português do Brasil. In: KATO, Mary A.; ROBERTS, Ian. Português Brasileiro: Uma viagem diacrônica. Campinas: Editora da Unicamp.

DURÃO, Adja Balbino de Amorim Barbieri. 1999. Análisis errores e interlengua de brasileños aprencides de español y de españoles aprendices de portugués. Londrina:Editora da UEL.

ELLIS, Rod. 1986. Understanding Second Language Acquisition. Oxford: Oxford University Press, 326p.

FIGUEIREDO, Francisco José Quaresma de. 1997. Aprendendo com os erros: Uma perspectiva comunicativa de ensino de línguas. Goiânia: UFG, 137p.

FISIAK, Jacek. 1981. Some introductory notes concerning Contrastive

Linguistics. Contrastive Linguistics and the language teacher. Oxford: Pergamon Press Ltd.

JAMES, Carl. 1983. Contrastrive Analysis. Inglaterra: Longman.

LADO, R. 1957. Linguistics Across Cultures. Ann Arbor, University of Michigan Press.

OLIVEIRA, Marilza de. 1999. O parâmetro do sujeito nulo na aquisição da

linguagem. Cad. Est. Ling., Campinas, (36):131-145, Jan./Jun.

RUTHERFORD, William E. 1989. Second language grammar: learning and

teaching. Longman.

SALINAS, Ma. Del Pilar López. 2001. Estudio y análisis de errores de la

interlengua de español para anglófonos. Forma 2: interferencias, cruces y errores. Madrid: SGEL, p.101-117.

SANTOS, Angela Maria Bravin dos. 2001. O sujeito pronominal em contexto de mudança paramétrica: a escrita de alunos do Ensino Médio. Signum: Estudos da Linguagem, Londrina, n.4, p. 221-240, dez.

SELINKER, L. 1969. Language Transfer. General Linguistics, 9/2:67-92,

Binghamton.

______. 1972. Interlanguage. Iral, X/3:209-231.

SIMÕES, Luciene Juliano. 1999. Sujeito nulo na aquisição do português do Brasil. Cad. Est. Ling., Campinas, (36):105-130, Jan./Jun.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.