IDEOLOGIA E REPRESENTAÇÃO DE ATORES SOCIAIS: A INVASÃO AO IRAQUE

Viviane C. Vieira Sebba Ramalho

Resumo


Este artigo, baseado nos pressupostos teórico-metodológicos da Análise de Discurso Crítica (Chouliaraki & Fairclough, 1999; Fairclough, 2003), procura investigar o discurso da mídia impressa brasileira sobre a invasão anglo-saxônica ao Iraque no ano de 2003. A análise lingüística centrou-se na investigação das maneiras de representar as pessoas envolvidas na invasão, por meio da análise da representação de atores sociais. A análise sócio-discursiva realizada permite depreender que, em grande parte, os sentidos veiculados pela grande mídia têm caráter ideológico.

Texto completo:

PDF

Referências


ALDÉ, A. Enquadramentos do Iraque. Disponível em: http://www.unb.br/fac/comunicacaoepolitica/alessandra2004.pdf>. Acesso em 15 nov. 2004.

BHASKAR, R. 1989. The possibility of Naturalism: a philosophical critique of the contemporary Human Sciences. Hemel Hempstead: Harvester Wheatsheaf. Bush já está em guerra. Veja, São Paulo, ed. 1788, ano 36, n. 5, 5 fev. 2002, p. 62-5.

CHOULIARAKI, L. & FAIRCLOUGH, N. 1999. Discourse in late modernity:

Rethinking Critical Discourse Analysis. Edinbourg: Edinbourg University Press.

FAIRCLOUGH, N. 2003. Analysing discourse: textual analysis for social

research. London: Routledge.

HALLIDAY, M. A. K. 1985. Introduction to Functional Grammar. London:

Edward Arnold.

HARVEY, D. 1996. Justice, nature and the geography of a diference. London: Blackwell.

RAMALHO, V. C. V. S. 2005. O discurso da imprensa brasileira sobre a invasão anglo-saxônica ao Iraque. Dissertação. Departamento de Lingüística, Línguas Clássicas e Vernácula. Universidade de Brasília.

THOMPSON, J. B. 2002. Ideologia e cultura moderna: teoria social crítica na era dos meios de comunicação de massa. Petrópolis: Vozes.

van LEEUWEN, T. 1997. A representação dos atores sociais. In: PEDRO, E. R. (org.) Análise Crítica do Discurso: uma perspectiva sociopolítica e funcional. Lisboa: Caminho, p.169-222


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.