Identidade feminina no 'Relato de um certo Oriente'

Maria de Nazaré Barreto Trindade

Resumo


O macrocosmos do Romance Relato de um certo Oriente, do escritor manauara Milton Hatoum, é a história de famílias de imigrantes libaneses  que vieram para o Brasil no final do século XIX, início do XX, algumas para regiões de cultivo de café, outras para recônditos lugares da Amazônia. Este trabalho busca mostrar como as categorias de identidade e cultura na perspectiva de Stuart Hall constituem um instrumento teórico importante na análise de uma obra que atravessa oceanos e deságua em um rio incrustado em uma floresta densa, repleta de mistérios e mitos.

Texto completo:

PDF

Referências


CULLER, Jonathan. 1999. Teoria Literária: uma introdução. São Paulo: Beca Produções Culturais Ltda..

D’ONOFRIO, Salvatore. 1999. Teoria do texto 1: prolegômenos e teoria da narrativa. 2 ed. São Paulo: Ática.

HALL, S. 2003. A identidade cultural na pós-modernidade. Tradução Tomás Tadeu da Silva; Guaracira Lopes Louro. 7. ed. Rio de Janeiro: DP&A.

HATOUM, Milton. 2008. Relato de um certo Oriente. São Paulo: Companhia das Letras.

MOISÉS, Massaud. 1987. A criação literária: prosa. São Paulo: Cultrix.

REIS, Carlos; LOPES, Ana Cristina M. 1988. Dicionário de teoria narrativa. São Paulo: Ática.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.