Impactos da teoria da metáfora conceitual sobre a lexicografia: o caso de Macmillan English Dictionary for Advanced Learners

Larissa Moreira Brangel

Resumo


Passados 35 anos da publicação de Metaphors we live by, a visão cognitiva da metáfora ainda se faz presente em diversas áreas da ciência. No âmbito da lexicografia, no entanto, existe uma notória lacuna de estudos que articulem a metáfora ao fazer dicionarístico. O presente trabalho analisa o distinto caso de Macmillan English Dictionary, que disponibiliza quadros metafóricos compilados com base na TMC cujo objetivo é esclarecer a relação entre significados literais e metafóricos. Discute-se também as possíveis contribuições que uma metodologia de tal sorte poderia trazer à compilação de dicionários escolares de língua portuguesa.


Texto completo:

PDF

Referências


ARISTÓTELES. (séc. IV a.C.) A poética clássica. 7.ed. São Paulo: Cultrix, 1997.

AuIl. FERREIRA, Aurélio Buarque de Holanda. Dicionário Aurélio Ilustrado. 1.ed. Curitiba: Positivo, 2008.

AUTOR. Dicionários escolares e ensino de língua portuguesa. Interdisciplinar: Revista de Estudos em Língua e Literatura, Itabaiana, v.19, n.2, p.217-229, 2013a.

______ . Considerações sobre o Programa Constante de Informações de dicionários escolares de língua portuguesa voltados para o público infantil. Caligrama: Revista de Estudos Românicos, Belo Horizonte, v.18, n.2, p.155-177, 2013b.

______; BUGUEÑO MIRANDA, Félix Valentín. Avaliação de paráfrases explanatórias de dicionários voltados para alunos em etapas iniciais de alfabetização. In: Anais do I SILLiC - I Simpósio Internacional de Lexicografia e Linguística Contrastiva, Florianópolis: Editora da UFSC, 2012, p.22-37.

______; ______. Sobre a função de dicionários escolares voltados para o segundo ciclo do ensino fundamental. Revista LinguíStica, Rio de Janeiro, v.10, n.1, p.377-392, 2014.

DiJr. MATTOS, Geraldo. Dicionário Júnior da Língua Portuguesa. 3.ed. São Paulo: FTD, 2005.

EVANS, Vyvyan; GREEN, Melanie. Cognitive Linguistics: an introduction. Edinburgh: Edinburgh University Press, 2006.

FARIAS. Emilia Maria Peixoto. Metáfora, dicionário e ensino. Letras de hoje, Porto Alegre, v.44, n.3, p.94-100, 2009.

FELDMAN, Jerome A. From molecule to metaphor: A neural theory of language. Cambridge: MIT Press, 2006.

GEERAERTS, Dirk. Theories of Lexical Semantics. New York: Oxford University Press, 2010.

GIL, Maitê Moraes. Compreensão de metáforas relacionadas à cultura gaúcha: a figura do cavalo na linguagem do gaúcho. 2009. 65f. Trabalho de conclusão de curso (Licenciatura em Letras) – Instituto de Letras, UFRGS, Porto Alegre, 2009.

HARTMANN, Reinhard Rudolf Karl; JAMES, Gregory. Dictionary of lexicography. London/New York: Routledge, 2001.

HOANG, Ha. Metaphor and second language learning: The state of the field. The Electronic Journal for English as a Second Language, v.18, n.2, p.1-27, 2014.

JACKSON, Howard. Lexicography: an introduction. London: Routledge, 2002.

JOHNSON, Mark. The body in the mind: the bodily basis of meaning, imagination, and reason. Chicago: University of Chicago Press, 1987.

KÖVECSES, Zoltán. Metaphor in culture: Universality and variation. Cambridge: Cambridge University Press, 2005.

______. Universality vs. non-universality in metaphor. In: English Language and Literature Studies: Structures across Cultures (Ellssac) proceedings. Belgrade, 2007.

LAKOFF, George. The contemporary theory of metaphor. In: ORTONY, Andrew (Ed.). Metaphor and Thought. 2.ed. Cambridge: Cambridge University Press, 1993. p.202-251.

______. The Neural Theory of Metaphor. In: GIBBS, Raymond W. (Ed.) The Cambridge Handbook of Metaphor. Cambridge: Cambridge University Press, 2008, p.17-38.

______; JOHNSON, Mark. Metaphors we live by. Chicago: The University of Chicago Press, 1980.

MED. RUNDELL, Michael. Macmillan English Dictionary for Advanced Learners. 2.ed. Oxford: Macmillan, 2007.

MOON, Rosamund. Dictionaries and metaphor, metaphor and dictionaries. In: GOTTLIEB, Henrik et al (eds.). Symposium on Lexicography XI: Proceedings of the Eleventh International Symposium on Lexicography, Niemeyer, 2002, p.392-399.

______. On specifying metaphor: an idea and its implementation. International Journal of Lexicography, Oxford, v.17, n.2, p.195-222, 2004.

PORZIG, Walter. El mundo maravilloso del lenguaje: Problemas, métodos y resultados de la lingüística moderna. Madrid: Gredos, 1964.

SaJr. Saraiva Júnior: Dicionário da Língua Portuguesa Ilustrado. 3.ed. São Paulo: Saraiva, 2010.

SARDINHA, Tony Berber. Recontando a vida em narrativas pessoais: um estudo de metáforas na perspectiva da linguística de Corpus. Organon, Porto Alegre, n.43, v.21, p.143-159, 2007.

SCHRÖDER, Ulrike Agathe. Trinta anos da teoria conceptual da metáfora: uma retrospectiva crítica. Caderno de Estudos Linguísticos, Campinas, n.53, v.1, p.59-71, 2011.

SEARLE, John. Metaphor . In: Ortony, Andrew (ed.): Metaphor and Thought. Cambridge: Cambridge University Press, 1979, p.92-123.

SIQUEIRA, Maity. As metáforas primárias na aquisição da linguagem: um estudo interlingüístico. 2004. 211f. Tese (Doutorado em Letras) – Faculdade de Letras, PUCRS, Porto Alegre, 2004.

______; GIBBS, Raymond. Children’s aquisition of primary metaphors: a crosslinguistic study. Organon, Porto Alegre, n.43, v.21, p.161-179, 2007.

TEMMERMAN, Rita. Metaphors the life sciences live by. In: Proceedings of the Maastricht Conference on Translation and Meaning, Maastricht, The Netherlands, 2001. p.43-52.

______. Metaphorical models and the translator’sapproach to scientific texts. Lunguistica Antverpiensia, n.1, p.211-226, 2002.

WEINRICH, Harald. Lenguaje em textos. Madrid: Gredos, 1976.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.