Da natureza heurística da Teoria do Texto

Maria Antónia Diniz Caetano Coutinho

Resumo


Este trabalho pretende retomar e desenvolver aquilo a que Marcuschi (2004/2009: 94-95) chamou a “natureza heurística da teoria textual”, enquadrando-a do ponto de vista teórico e metodológico, a partir de diferentes autores e perspetivas que, de alguma forma, contribuem para consolidar a noção. A esta discussão conceptual segue-se a análise de um texto, que exemplifica a abordagem anteriormente proposta. O percurso desenvolvido permite evidenciar as diferentes aceções em que pode ser entendida a área disciplinar da Linguística do Texto e, em última análise, enfatizar a distinção possível entre Linguística do texto e Teoria do Texto.

Texto completo:

PDF

Referências


ADAM, 1987, pp. 51-52

ADAM, [1992] 2011a, p. 12

ADAM, 2015, p.14

BEAUGRANDE; DRESSLER, 1981, p. 34

Coseriu, 2007, p. 322

MARCUSCHI, 2004/2009: 95

MENDES, 2013, p.1694

Prigogine e Stenghers (1993, p.109)

RASTIER, 2011, p. 28

VOLOSHINOV, [1930]1981


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.