Antagonismo de classes no canto II da Ilíada: Tersites e a economia da guerra

Sérgio Luiz Gusmão Gimenes Romero

Resumo


Este artigo apresenta uma reflexão crítica acerca do canto II da Ilíada, especificamente os versos 198 a 226, centrados na personagem Tersites. Esse trecho é alvo de polêmica teórica acerca de tratar-se o conflito entre o referido soldado e os chefes da armada como um embate entre classes sociais distintas. A partir de uma perspectiva materialista histórica, propomo-nos a defender uma abordagem do embate pelo viés de classe e de luta de classes sociais como cerne de sua dinâmica.

Texto completo:

PDF

Referências


AUSTIN, Michel; VIDAL-NAQUET, Pierre. O mundo homérico. In: Economia e sociedade na grécia antiga. Lisboa: Edições 70, 1986.

CARDOSO, Ciro Flamarion. Sete olhares sobre a Antiguidade. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 1998.

DETIENNE, Marcel. Mestres da verdade na Grécia Arcaica. Trad. Ivone C. Benedetti. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2013.

Eduardo Galeano: wars lie... Trecho de entrevista com Eduardo Galeano. 2015. (2’57”). Disponível em: < https://www.youtube.com/watch?v=sunZmneQzQE&t=1s >. Acesso em: 10 de maio de 2018.

DONLAN, Walter. Kin-Groups in the Homeric Epics. Classical World, Volume 101, nº 1, 2007, p. 29-39. Baltimore (USA): Johns Hopkins University Press.

FLORES-JÚNIOR, Olimar. Cinismo e retórica: o caso Tersites. In: ASSUNÇÃO, Teodoro Rennó; FLORES-JÚNIOR, Olimar; MARTINHO, Marcos. (Org.) Ensaios de retórica antiga. Belo Horizonte: Tessitura, 2010.

GATTI, Ícaro Francesconi. A Crestomatia de Proclo: tradução integral, notas e estudo da composição do códice 239 da Biblioteca de Fócio. 2012. Dissertação (mestrado em Letras Clássicas) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo. São Paulo.

HOBSBAWM, E. J. Class consciousness in history. In: MÉSZAROS, István (ed.). Aspects of history and class consciousness. Londres: Routledge & Kegan Paul, 1971.

HOMERO; SEYMOUR, Thomas D. The first three books of Homer's Iliad. Introduction, commentary, and vocabulary: Thomas D. Seymour. Boston: Ginn and Company, 1903. Disponível em < https://archive.org/details/firstthreebooks02homegoog>. Acesso em 15 de maio 2018.

HOMER. Homeri Opera in five volumes. Oxford, Oxford University Press. 1920. Disponível em: . Acesso em: 15 ago. 2018.

HOMERO. Ilíada. Tradução e prefácio de Frederico Lourenço. Introdução e apêndices: Peter Jones. Introdução à edição de 1950: E. V. Rieu. São Paulo: Penguin; Companhia das Letras, 2013.

LENIN, V. I. As tarefas das uniões da juventude. In: _____ . Obras escolhidas. São Paulo: Editora Alfa-Omega, 1980. t. 3, p. 386-397.

LUCÁKS, Georg. História e consciência de classe: estudos sobre a dialética marxista. São Paulo: Martins Fontes, 2003.

MARKS, Jim. The ongoing neikos: Thersites, Odysseus, and Achilleus. American

Journal of Philology, 126, p. 1–31, 2005. Baltimore (USA): The Johns Hopkins University Press.

MARX, Karl; ENGELS, Frederich. A ideologia alemã. Supervisão ed. Leandro Konder. Trad. Rubens Enderle, Nélio Schneider e Luciano C. Martorano. São Paulo: Boitempo, 2007.

______. Manifesto Comunista. Organização e introdução: Osvaldo Coggiola. Trad. Álvaro Pina. São Paulo: Boitempo, 2005.

OSBORNE, Robin. Homer’s Society. In: FOWLER, Robert (editor). THE CAMBRIDGE COMPANION TO HOMER. Cambridge: Cambridge University Press, 2006.

PAULO NETTO, J. Introdução ao estudo do método de Marx. São Paulo: Expressão Popular, 2011.

POSTLETHWAITE, N. Thersites in the 'Iliad'. Greece & Rome, 35, nº 2, p. 123-136, out. 1998. Cambridge University Press.

SAINTE CROIX, Geoffrey Ernest Maurice de. La lucha de clases en el mundo griego antiguo. Trad. Teófilo de Lozoya. Barcelona: Editorial Crítica, 1988.

THALMANN, W. G. Thersites: comedy, scapegoats, and heroic ideology in the Iliad. Transactions of the American Philological Association, Volume 118, 1988, p. 1-28. Baltimore (USA): Johns Hopkins University Press.

VIDAL-NAQUET, Pierre. O mundo de Homero. Trad. Jônatas Batista Neto. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.






Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.