Crítica ao conceito Bildungsroman

Manoela Hoffmann Oliveira

Resumo


Este artigo pretende discutir a pertinência do conceito de Bildungsroman por meio da apresentação de alguns momentos importantes da história de sua constituição, no intuito de demonstrar como ele jamais foi firmemente estabelecido e como foi inevitável, a certa altura, questioná-lo e até o abandonar, pelo menos no que concerne às pesquisas sobre Os anos de aprendizado de Wilhelm Meister, de Goethe. Nos estudos brasileiros, porém, a noção foi incondicionalmente incorporada e aplicada, não tendo sido até hoje devidamente investigada.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.