A alegoria moderna de Walter Benjamin: Passagens, Baudelaire e mercadoria

Jorge Freitas

Resumo


O objetivo desse artigo é o de apresentar a teoria da alegoria moderna desenvolvida pelo filósofo Walter Benjamin com ênfase na figura do poeta francês Charles Baudelaire e no conceito de mercadoria. Para tal recorremos ao Projeto das Passagens de Benjamin e aos ensaios benjaminianos escritos no final da década de 1930, a saber, “Paris do Segundo Império” e “Sobre alguns temas em Baudelaire”.

Palavras-chave: Benjamin. Baudelaire. Alegoria.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br

Licença Creative Commons
Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.