Imaginação histórica, desencantos e imoralidades na série A Semana de Machado de Assis

Claércio Ivan Schneider

Resumo


Este artigo tem como objetivo compreender os diferentes elementos constituintes da representação tragicômica do Brasil no início da República a partir da análise de crônicas da Série A Semana, publicadas por Machado de Assis na Gazeta de Notícias entre os anos de 1892-93.  Desvios morais, discursos contraditórios, vícios, ambições e incoerências são denunciados por Machado enquanto práticas comuns à elite administrativa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.