SEMIÓTICA E ENUNCIAÇÃO: CONSIDERAÇÕES TEÓRICAS

Hermano de França Rodrigues

Resumo


O homem, pela interação, experimenta a vida como uma permanente colisão e coalizão de grupos e valores, um contínuo fluxo e refluxo de conceitos conflitivos e concordantes. Enunciar é fazer parte de um universo estruturado, no qual todos se colocam, frequentemente, em oposição e diálogo. Este trabalho pretende apresentar os fundamentos enunciativos da semiótica greimasiana. Para tanto, debruçamo-nos sobre as estruturas discursivas – etapa do percurso gerativo de sentido – evidenciando seus componentes sintáticos e semânticos.


Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, Diana Luz Pessoa de. 1990. Teoria semiótica do texto. São Paulo: Editora Ática.

BATISTA, Maria de Fátima Barbosa de Mesquita. 2000. A tradição ibérica no romanceiro paraibano. João Pessoa: Editora Universitária / UFPB.

BENVENISTE, Émile. 1976. Problemas de Linguística Geral I. São Paulo: Pontes.

_______.1989. Problemas de Linguística Geral II. São Paulo: Pontes.

CORTINA, Arnaldo & MARCHEZAN, Renata Coelho. 2004. Teoria Semiótica: a questão do sentido. In: Introdução à Lingüística – Fundamentos Epistemológicos. São Paulo: Cortez.

COURTÉS, Joseph.1991. Analyse Sémiotique du Discours. De l’énoncé à l’énonciation. Paris: Hachette.

________. 1979. Introdução á Semiótica Narrativa e Discursiva. Coimbra: Livraria Almedina.

FIORIN, José Luiz. 1998. Elementos de Análise do Discurso. São Paulo: Editora Ática.

________. 2005. Elemento de análise do discurso. São Paulo: Contexto.

________. 2002. As astúcias da enunciação – As categorias de pessoa, espaço e tempo. São Paulo: Editora Ática.

GREIMAS, A. J. 1977. Os Atuantes, os Atores e as Figuras. In: Semiótica Narrativa e Textual. São Paulo: Cultrix.

________. 1973. Semântica Estrutural. São Paulo: Cultrix/Edusp.

________. 1976. Semiótica do discurso científico. Da modalidade. São Paulo: Difel.

________.Sobre o Sentido: Ensaios Semióticos. Petrópolis: Vozes, 1975.

________.1983. Du Sens II: Essais Sémiotiques. Paris: Éditions du Seuil.

GREIMAS, A. J., LANDOWSKI, Erick.1986. Análise do discurso em ciências sociais. São Paulo: Global.

GREIMAS, A. J., COURTÈS, Joseph. 1979. Sémiotique: dictionaire raisonné de la théorie du langage. Paris: Hachette.

HJELMSLEV, L. 1973. Prolegômenos a uma teoria da linguagem. São Paulo: Perspectiva.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Revista Investigações - Linguística e Teoria Literária. Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Pernambuco.

ISSN Edição Digital 2175-294X - ISSN Edições Impressas 0104-1320

www.ufpe.br/pgletras - www.pgletras.com.br 

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.