A GEOGRAFIA DOS CONSELHOS AMBIENTAIS NO RECÔNCAVO BAIANO: MAPEAMENTO DAS AÇÕES EDUCATIVAS

Reginaldo Pereira dos Santos

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar a gestão dos Conselhos Municipais do Meio Ambiente no Território do Recôncavo Baiano, e perceber o papel desempenhado destes conselhos, tendo como foco os impactos, os avanços e os desafios na implementação das políticas públicas setoriais para o desenvolvimento local sustentável. A preocupação relacionada às questões ambientais, discutidas nos municípios do Recôncavo, tais como: sustentabilidade, desmatamento, destruição da mata ciliar, pesca predatória, manejo inadequado de pastagens e plantações. Concebendo a importância do Programa de Desenvolvimento Regional Sustentável (PDRS) e a Companhia de desenvolvimento e Ações Regionais (TOMASONI; TOMASONI, 2005), e a partir dos princípios expostos na agenda 21, nos indicadores socioambientais e no planejamento articulado entre Secretarias do Meio Ambiente, este artigo suscita preocupações, sugerindo ações e intervenções promovidas pelos Conselhos Ambientais, na busca de melhoria da qualidade ambiental no Recôncavo. Adicionalmente, os elementos-chaves das parcerias, de ações compartilhadas entre as instituições são fundamentais para equacionar os problemas relativos a meio ambiente e sustentabilidade neste território. Por sua vez, realizou-se uma pesquisa bibliográfica em estudos acerca do tema, discutindo os impactos, as ações e a necessidade da consciência ambiental na tomada de decisões.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B5; ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN: B5; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B4; EDUCAÇÃO, ENGENHARIAS I: B5; ENSINO: B2; GEOGRAFIA: C; INTERDISCIPLINAR: B3. 

 

Publicação e Apoio:

RMP está indexada em:

Instituições de referência para a RMP: