MAPEAMENTO DA UFPE COMO INSTRUMENTO DE MELHORIA DA QUALIDADE DE VIDA DA COMUNIDADE ACADÊMICA

Sergio Bezerra de Menezes

Resumo


Este texto descreve a necessidade de elaboração de mapas que transmitam a realidade atual da UFPE, que tem crescido em números, assim como o seu arredor, mas carece de melhorias de mobilidade, acessibilidade, informação e segurança. Com um novo mapeamento do Campus Recife, aliado a execução dos projetos estruturadores, espera-se uma melhoria significativa na qualidade de vida da população acadêmica e do seu entorno. Também faz uma síntese, dos efeitos provocados pelos mapas, através do poder que eles têm de: autoridade, conhecimento e controle sobre determinada área, lugar ou região, seus efeitos sociais e dos vários usos para que servem, após sua elaboração. Para isso, foram utilizados 4 (quatro) dos textos vistos em sala de aula da disciplina cartografia social, onde comentam sobre cartografia e mapas. O primeiro que versa sobre a introdução a Cartografia Social e ainda descreve sobre a Nova Cartografia Social no Brasil. O segundo traz os Mapas como expressão de poder e legitimação sobre o território. Versa ainda sobre disputas cartográficas e disputas territoriais, o terceiro que mostra os mapas nas abordagens participativas e por último, “o poder de mapear” que mostra os efeitos paradoxais das tecnologias de informação espacial. Assim, a preocupação foi de mostrar a leitura dos textos acima elencados no imaginário da cartografia, divididos em 9 (nove) capítulos: Introdução, a finalidade dos mapas, o efeito social dos mapas, elaboração dos mapas, A UFPE em números, sua localização, qualidade de vida no campus e conclusões. Com isso foi exposto a grande evolução que teve a cartografia, indo dos pictogramas a imagens de satélites, descrito também que os seus fins passaram as mais diversas formas, mas principalmente, ao domínio público e político além de mostrar a finalidade dos mapas e o propósito de sugestão de um mapeamento para o Campus Recife da UFPE. A conclusão relata o desfecho da importância dos mapas, expondo a necessidade de elaboração e construção junto à comunidade do novo mapeamento da UFPE.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B5; ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN: B5; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B4; EDUCAÇÃO, ENGENHARIAS I: B5; ENSINO: B2; GEOGRAFIA: C; INTERDISCIPLINAR: B3. 

 

Publicação e Apoio:

RMP está indexada em:

Instituições de referência para a RMP: