UM ESTUDO SOBRE AS VARIÁVEIS QUE INFLUENCIAM NA EFICIÊNCIA DOS PREGÕES ELETRÔNICOS COMO FERRAMENTA DAS COMPRAS PÚBLICAS

Renato José de Sena Gomes

Resumo


Este trabalho foi fruto de uma dissertação de mestrado em gestão pública e teve como foco o procedimento de compra estatal com a utilização de pregão eletrônico. Por meio de uma pesquisa quantitativa, buscou-se identificar variáveis que influenciam no cancelamento de itens na fase final do pregão. A revisão da literatura foi baseada em quatro temáticas: A licitação propriamente dita e o pregão eletrônico enquanto modalidade licitatória; As vantagens e desvantagens em utiliza-lo e a regressão logística. De caráter quantitativo, o estudo utilizou-se da regressão logística para analisar um grupo de 15 variáveis independentes em uma amostra de 550 observações de itens de consumo licitados por 10 universidades federais nordestinas. Concluiu-se que a demanda, o valor do produto e a relação entre a quantidade de itens no edital e o número de fornecedores, exercem forte e positiva influência sobre o resultado e que a utilização de Atas de registro de preços contribuem significativamente para o aumento da probabilidade de cancelamentos. Dentre as limitações do trabalho estão a não identificação de variáveis capazes de mensurar os efeitos do mercado e que avaliassem qualitativamente o instrumento convocatório. São sugestões para trabalhos futuros: Análise qualitativa do instrumento convocatório; Análise da correlação negativa da Ata de registro de preços sobre o resultado do Pregão; Até que ponto a metodologia de determinação do preço estimado é precisa.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


B3 - Administração, Ciências Contábeis e Turismo
B5 - Interdisciplinar

 

Publicação e Apoio:

RMP está indexada em:

Instituições de referência para a RMP: