CORRUPÇÃO VERSUS PRODUÇÃO: UMA APLICAÇÃO DO MODELO SOLOW AMPLIADO

Sergiany da Silva Lima, Lívia Rodrigues de Lima Pires, Fernando José Nogueira

Resumo


Essa pesquisa tem como objetivo medir o efeito da corrupção sobre o PIB per capita mundial, baseado nas hipóteses das teorias revisionista e rent-seeking. Para a teoria revisionista, a corrupção imprime velocidade protocolar aos investimentos, enquanto que para as teorias rent-seeking e da eficiência institucional, a corrupção gera custos adicionais gerando incertezas ao desenvolvimento econômico. Diante disso, o modelo empírico explora uma terceira hipótese possível através de uma relação não linear do efeito da corrupção sobre a produção agregada. O referido modelo explicita a proxy de corrupção usando a função de produção do modelo de Solow ampliado. A equação é estimada usando regressões com dados em painel no período de 2012 a 2017. O resultado sugere que a ausência de corrupção aumenta a produção agregada, mas a uma taxa decrescente. Ou seja, sugere que exista uma taxa ótima de corrupção capaz de estimular os investimentos sem comprometer a confiança institucional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B5; ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN: B5; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B4; EDUCAÇÃO, ENGENHARIAS I: B5; ENSINO: B2; GEOGRAFIA: C; INTERDISCIPLINAR: B3. 

 

Publicação e Apoio:

RMP está indexada em:

Instituições de referência para a RMP: