Contabilidade financeira as a service: percepções de contadores sobre o futuro das rotinas tradicionais dos escritórios de contabilidade

Maria Andressa Lopes de Araujo, Jairo Simião Dornelas, Américo Nobre Amorim

Resumo


A contabilidade no Brasil é mandatória e deve ser feita por entidades habilitadas como escritórios contábeis. Nestes, a maior parte das atividades percorre a contabilidade financeira, tradicional, rotineira, regrada e lógica, tanto que é calcada em artefatos computacionais online. Assim, se impõe averiguar nesta época em que se oferta computação em nuvem com sistemática as a service, se aquela modalidade contábil não pode ser transformada em um serviço. Esta foi a trama deste relato, tipo survey, que buscou a visão sobre as rotinas contábeis efetivadas em escritórios contábeis, em formato online, e as postulou como factíveis na forma as a service, no que obteve significativo sucesso. Por fim, especulou se esta sistematização poria em risco a atividade rotinizada nos escritórios, configurando-se como uma ameaça até aos profissionais. Encontrou que há uma tendência à migração sim, mas há retenção de atividades mais cognitivas e analíticas para a rotina do profissional.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B5; ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN: B5; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B4; EDUCAÇÃO, ENGENHARIAS I: B5; ENSINO: B2; GEOGRAFIA: C; INTERDISCIPLINAR: B3. 

 

Publicação e Apoio:

RMP está indexada em:

Instituições de referência para a RMP: