AVALIAÇÃO DO CONHECIMENTO DE MANIPULADORES DE ALIMENTOS SOBRE AS BOAS PRÁTICAS DE FABRICAÇÃO EM UM SUPERMERCADO DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO COMO INDICADOR PARA MELHORIA NA GESTÃO DE PESSOAS

Renato Ribeiro Nogueira Ferraz, Mariana Canassa, Anderson Sena Barnabé, João Victor Fornari

Resumo


Introdução: No decorrer dos anos, devido ao aumento do número de pessoas que fazem suas refeições fora de casa, à atenção e cuidado com higiene dos alimentos vêm crescendo consideravelmente. Os alimentos ficam vulneráveis à contaminação por microorganismos devido à manipulação e aos procedimentos inadequados durante o processamento e consumo. Os manipuladores representam um dos principais veículos de contaminação, visto que a sua participação, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), chega a atingir até 26% das causas de contaminação. Objetivo: Avaliar o conhecimento de manipuladores de alimentos sobre as Boas Práticas de Fabricação (BPF) em um supermercado do interior do estado de São Paulo. Método: Utilização de um questionário sobre as BPF aplicados a manipuladores de diversos setores do supermercado avaliado. Resultados: Após verificação da somatória de pontuação para cada bloco de questões pôde-se verificar que a maioria dos entrevistados conhece adequadamente as BPF dos setores onde exercem suas atividades. Conclusão: Apesar dos resultados positivos observados neste trabalho, vale ressaltar que campanhas educativas com ênfase na segurança e qualidade alimentar devem ser realizadas para a manutenção e/ou instalação de um bom índice de conhecimento das BPF.


Texto completo:

PDF

Referências


Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) – RDC nº 216 de 15/09/2004. Brasília. Ministério da Saúde, 2004. Dispõe sobre regulamento técnico de boas práticas para serviços de alimentação.

ARAUJO, Welker Denner Bernardes de; ALMEIDA, Martha Elisa Ferreira de; SANTOS, Carlos Eduardo Magalhães dos; PIZZIOLO, Virginia Ramos. Avaliação do conhecimento de manipuladores quanto às Boas Práticas de Fabricação. Revista de Nutrição. v. 18, n. 3, p. 419 – 427, 2005

BENEVIDES, Clicia Maria de Jesus; LOVATTI, Regina Cele Cotta. Segurança alimentar em estabelecimentos processadores de alimentos. Rev. Higiene Alimentar, v. 18, n. 125, p. 24-27, 2004.

BRASIL, Leis. Portaria CVS – 6 de 10 de março de 1999 – “Regulamento técnico sobre os parâmetros e critérios para o controle higiênico-sanitário em estabelecimentos de alimentos”, centro de Vigilância Sanitária do estado de São Paulo.

GARCIA, G.F; DESCHAMPS, C; FREYGANG, J; BRAMOSKI, A; TOMMASI, D. Avaliação higiênico-sanitária de cozinhas industriais instaladas no município de Blumenau, SC. Revista Higiene Alimentar, v.17, n. 112, p.12-15, 2003.

HAZELWOOD, David; MCLEAN, Anna. Manual de higiene para manipuladores de alimentos. São Paulo: Varela, 1998. 140p.

HOBBS, Betty; ROBERTS, Diane. Toxinfecções e controle higiênico-sanitário de alimentos. São Paulo: Metha, 1999.

LOPES, J.E.F.jr; PINTO, C.L.O; VILELE, M.A.P. Proposta de um manual de boas práticas de fabricação (BPF) aplicado à elaboração de queijo Minas Frescal. Rev. do Instituto de Laticínios Candido Tostes, v. 54, n. 309, p. 32-46, 1999.

MORTIMORE, S. An example of some procedures used to assess HACCP systems within the food manufacturing industry. Food Control. v.11, p. 403-13, 2000

NASCIMENTO, Giuliano Alencastre do; BARBOSA, Juliana dos Santos. BPF – Boas práticas de fabricação: Uma revisão. Rev Higiene Alimentar, v. 21, n. 148, p. 24-30, 2007.

OLIVEIRA, Mariana Novais, BRASIL, Anne Lise Dias, TADDEL, José Augusto de Aguiar Carrazedo. Avaliação das condições higiênico-sanitárias das cozinhas de creches publicas e filantrópicas. Ciência e Saúde Coletiva, v. 13, n. 3, p. 1051 – 1060, 2008.

SILVA, João Andrade. As novas perspectivas para o controle sanitário dos alimentos. Rev. Higiene Alimentar, v. 13, n. 65, p. 19-25, 1999.

SILVA, Jr., E. A., IARIA, S. T., ANDRADE, C. R. et al. Fundamentos para o diagnóstico e prevenção das toxinfecções alimentares na cozinha industrial. São Paulo: Central de Diagnósticos Laboratoriais, 1990.

TEIXEIRA, Suzana Maria Ferreira Gomes; OLIVEIRA, Zélia Milet Cavalcante de; RÊGO, Josedira Carvalho do; BISCONTINI, Telma Maria Barreto. Administração aplicada às Unidades de Alimentação e Nutrição. São Paulo: Atheneu, 2000. 232p.

VALENTE, Dario. A vigilância sanitária e as políticas de saúde. Rev. Higiene Alimentar, São Paulo, v. 15, n. 87, p. 15-18, 2001.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B5; ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN: B5; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B4; EDUCAÇÃO, ENGENHARIAS I: B5; ENSINO: B2; GEOGRAFIA: C; INTERDISCIPLINAR: B3. 

 

Publicação e Apoio:

RMP está indexada em:

Instituições de referência para a RMP: