POLÍTICAS PÚBLICAS E FISCALIZAÇÃO DE CRIMES AMBIENTAIS: ANÁLISE DE UMA OPERAÇÃO DA SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL DO ESTADO DE PERNAMBUCO, NO MUNICÍPIO DE ABREU E LIMA/PE

Alexsandro Bezerra Correia Bilar

Resumo


Este artigo tem finalidade exploratória e abordagem qualitativa, e objetiva verificar como vem sendo realizada a fiscalização de crimes ambientais, como a poluição sonora, na Região Metropolitana do Recife pelos órgãos operativos da Secretaria de Defesa Social do Estado de Pernambuco: a Polícia Civil e a Polícia Militar; buscando apontar as conquistas e os desafios enfrentados por essas instituições na operacionalização de suas ações, considerando que a fiscalização ambiental é um importante instrumento de efetivação das políticas públicas.  Para tanto, realizou-se uma pesquisa de campo, com a observação direta de uma ação conjunta de combate à poluição sonora, ocorrida no do mês de abril de 2011, em Abreu e Lima/PE, e que contou com a participação e união de esforços dos representantes das citadas instituições e também do Ministério Público Estadual e da Secretaria da Saúde daquele município.


Texto completo:

PDF

Referências


Agência Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – CPRH. Disponível em: . Acesso em 15 jan. 2011.

BARROS, Wellington Pacheco. Curso de Direito Ambiental. 2. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

BRAGA, Ricardo Augusto Pessoa. (2005) Avaliação dos instrumentos de políticas públicas na conservação integrada de florestas e águas, um estudo de caso na Bacia do Corumbataí-SP. São Carlos, EESC/USP. Tese de Doutorado em Engenharia Hidráulica e Saneamento.

BRASIL. Coletânea de Legislação Ambiental, Constituição Federal. 9. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2010.

BRASIL. Lei nº 9.605 de 12 de fevereiro de 1998. Lei dos crimes ambientais. Disponível em: Acesso em 10 jul.2011.

CARNEIRO, André Silvani da Silva. Poluição sonora: silento e o barulho. Recife: Procuradoria Geral de Justiça, 2009.

CRUZ, Ana Paula Fernandes Nogueira da. A culpabilidade nos crimes ambientais. São Paulo: Editora Revista dos Tribunais, 2008.

GRANZIERA, Maria Luiza Machado. Direito Ambiental. São Paulo: Atlas, 2009.

Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – IBAMA. Disponível em: . Acesso em: 15 jan. 2011.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Fundamentos de Metodologia Científica. 5ª ed. São Paulo: Atlas, 2003.

MACHADO, Paulo A. L. Direito Ambiental Brasileiro. 18. ed. São Paulo: Malheiros, 2010.

MEIRELLES, Hely L. Direito Administrativo Brasileiro. 35. ed. São Paulo: Malheiros, 2009.

MORAES, Luís Carlos Silva de. Multa Ambiental: conflitos das atuações com a Constituição e a lei. São Paulo: Atlas, 2009.

PERNAMBUCO. Decreto Estadual nº 32.004 de 26.06.2008. Cria a Delegacia de Polícia do Meio Ambiente / DEPOMA e dá outras providências. Disponível em:

< http://www.policiacivil.pe.gov.br/index.php/legispcpe/237.html>. Acesso em: 10 jul. 2011.

PERNAMBUCO. Decreto Estadual nº 35.291, de 07 de julho de 2010. Altera a circunscrição da Delegacia de Polícia do Meio Ambiente / DEPOMA e dá outras providências. Disponível em:

< http://www.policiacivil.pe.gov.br/index.php/legispcpe/691.html> Acesso em: 10 jul. 2011.

PERNAMBUCO. Secretaria de Defesa Social. Pacto Pela Vida. Disponível em:

PERNAMBUCO. Secretaria de Defesa Social. SDS e Ministério Público assinam termo de mútua cooperação técnica. Disponível em: http://www.sds.pe.gov.br Acesso em: 07 jul. 2011.

RUA, Maria das Graças. Políticas públicas. Brasília: CAPES/UAB, 2009.

SOUZA, T. S.; BARROS, A. P. Meio ambiente e políticas públicas. In: REDE DE DEFESA AMBIENTAL DO CABO DE SANTO AGOSTINHO. Carteira de projetos: planos de ação comunitários de meio ambiente/Projeto Nucodema. Cabo de Santo Agostinho, PE: Rede de Defesa Ambiental do Cabo de Santo Agostinho, 2007, p. 16.

SPADOTTO, Anselmo Jose; ELIAS, Natalia Domingues. Políticas públicas ambientais e responsabilidade da pessoa jurídica. Jus Navigandi, Teresina, ano 16, n. 2872, 13 maio 2011. Disponível em: . Acesso em: 04 jul. 2011.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA E DE EMPRESAS, CIÊNCIAS CONTÁBEIS E TURISMO: B5; ARQUITETURA, URBANISMO E DESIGN: B5; CIÊNCIAS AMBIENTAIS: B4; EDUCAÇÃO, ENGENHARIAS I: B5; ENSINO: B2; GEOGRAFIA: C; INTERDISCIPLINAR: B3. 

 

Publicação e Apoio:

RMP está indexada em:

Instituições de referência para a RMP: