Satisfação com a Experiência Acadêmica de Estudantes do Ensino Superior

Bruno Saboya de Aragão, Solange Alfinito, Correia José Luís

Resumo


O presente estudo tem por objetivo avaliar a satisfação com a experiência acadêmica dos estudantes do ensino superior no curso de administração da Universidade de Brasília, fazendo o comparativo entre os estudantes ingressantes, os que se encontram no meio do curso e aqueles em fase de conclusão. Para tanto, cem alunos de cada etapa do curso participaram do estudo, de caráter quantitativo e descritivo, com coleta de dados realizada presencialmente na Universidade de Brasília, totalizando trezentos estudantes que responderam o questionário sobre satisfação. Os resultados encontrados evidenciam que os estudantes em fase de conclusão estão menos satisfeitos em comparação aos estudantes iniciantes e aqueles que se encontram no meio do curso. Os resultados podem ser utilizados por gestores de instituições de ensino superior, servindo como base para melhorias ao curso, a criação de novas estratégias de ensino e aprendizagem, e melhorias das instalações físicas das IES.


Palavras-chave


satisfação acadêmica; experiência acadêmica; instituições de ensino superior

Texto completo:

PDF

Referências


Abrahamowicz, D. (1988). College involvement, perceptions, and satisfaction: A study of membership in student organizations. Journal of College Student Development, 29(3), 233-238.

Almeida, L., & Soares, A. (2004). Os estudantes universitários: sucesso escolar e desenvolvimento psicossocial. Porto: Cabral Editora e Livraria Universitária.

Almeida, L., Soares, A., & Ferreira, J. (1999). Adaptação, rendimento e desenvolvimento dos estudantes no Ensino Superior: Construção/validação do Questionário de Vivências Académicas. Centro de Estudos em Educação e Psicologia (CEEP), Série Relatórios de Investigação. Braga: Universidade do Minho.

Assis, D., & Gerken, C. (2011). Escolhas de vida pós-ensino médio e representações sociais da univerisade pública. Psicologia em Revista, 17(3), 378-395.

Astin, A. (1993). What matters in college: Four critical years revisited. 1ª ed., São Francisco:Jossey-Bass.

Barbosa, M. (2015). Expansão, Diversificação, Democratização: questões de pesquisa sobre os rumos do Ensino Superior no Brasil. Caderno CRH, 28(74), 247-253.

Betz, E., Menne, J., Starr, A., & Klingensmith, J. (1971). Dimensional Analysis of College Student Satisfaction. Measurement and Evaluation in Guidance, 4(2), 99-106.

Bittar, M., Oliveira, J., & Morosini, M. (2008). Educação Superior no Brasil: 10 Anos Pós-LDB. Brasília. INEP.

Evrard, Y. (1995). A Satisfação dos Consumidores: Situação das Pesquisas. Mimeo PPGA/UFRGS.

Fey, A., Lucena, K., & Fogaça, V. (2011). Evasão no Ensino Superior: uma pesquisa numa IES do ensino privado. Revista de Humanidades, Tecnologia e Cultura, 1(1), 65-96.

Field, A. (2009). Descobrindo a estatística usando o SPSS. Porto Alegre: Artmed, 2ª Ed.

Howard, J.,&Sheth, J. (1967). A Theory of Buyer Behavior. In: Changing Marketing Systems... Consumer, Corporate and Government Interfaces: Proceedings of the Winter Conference of the Marketing Association, American Marketing Association.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Superior 2016. Brasília: Inep, 2017. Disponível em . Acesso em 09.04.2018.

Johnson, M., & Gustafsson, A. (2000). Improving customer satisfaction, loyalty, and profit. São Francisco: Jossey-Bass.

Mainardes, E., & Domingues, M. (2010). Satisfação de estudantes em administração de Joinville/SC. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, 4(2), 76-94.

Martins, F. (1998). A satisfação académica: construção de uma escala. In: ALMEIDA, Leandro; GOMES, Maria João; ALBUQUERQUE, Pedro Barbas; CAÍRES, Susana (Edts.). VI Congresso Galaico-Português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho.

Medeiros, F., & Costa, F. (2016). Satisfação de Residentes com seu Lugar: Definição e Proposta de uma Escala de Mensuração de Múltiplos Itens. Revista Turismo – Visão e Ação – Eletrônica, 18(1), 83-105.

Medeiros, C., & Rodrigues, H. (2015). O Capital Cultural e a Meritocracia no Acesso ao Sistema de Ensino Superior Brasileiro. Cadernos da Escola de Direito e Relações Internacionais, 1(20), 188-210.

Müller, G. (2005). Fatores que determinam o sucesso de cursos de graduação. Tese de Doutorado. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Departamento de Engenharia de Produção e Sistemas (EPS), Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

Nogueira, A., & Oliveira, M. (2015). Mercantilização e relações de trabalho no ensino superior brasileiro. Revista Ciênc. Admin., 21(2), 335-364.

Pascarella, E., & Terenzini, P. (2005). How college affects students. São Francisco: Jossey-Bass.

Pennington, D., Zvonkovic, A., & Wilson, S. (1989). Changes in college satisfaction across an academic term. Journal of College Student Development, 30(6), 528-535.

Pereira, B., & Gil, C. (2008). Avaliando a Satisfação de Alunos de Escolas de Administração: uma nova perspectiva de gestão. Revista de Administração da Unimep, 5(1), 1-21.

Pinto, J. (2004). O acesso à educação superior no Brasil. Educação & Sociedade, 25(88), 727-756.

Popp, N., Weight, E., Dwyer, B., Morse, A., & Baker, A. (2015). Assessing Student Satisfaction Within Sport Management Master’s Degree Programs. Sport Management Education Journal, 9(1), 25-38.

Ramos, A., Barlem, J., Lunardi, V., Barlem, E., Silveira, R.,&Bordignon, S. (2015). Satisfação com a experiência acadêmica entre estudantes de graduação em enfermagem. Texto Contexto Enferm, 24(1), 187-195.

Schleich, A., Polydoro, S., & Santos, A. (2006). Escala de satisfação com a experiência acadêmica de estudantes do ensino superior. Avaliação Psicológica, 5(1), 11-20.

Sisto, F., Muniz, M., Bartholomeu, D., Pasetto, N., Oliveira, A., & Lopes, W. (2008). Estudo para a construção de uma escala de satisfação acadêmica para universitários. Avaliação Psicológica, 7(1), 45-55.

Soares, A., Marques, C., Almeida, H., Nascimento, E., Melo, P., Moré, R., & Gomes, A. (2014). Higher Education and Quality Assessment System: A New Approach Based on Students Perception. Estudos do Isca, 4(10), 1-12.

Soares, A., Vasconcelos, R., & Almeida, L. (2002). Adaptação e Satisfação na Universidade: Apresentação e validação do Questionário de Satisfação Acadêmica. Contextos e dinâmica da vida acadêmica. Guimarães: Universidade do Minho,153-165.

Souza, S., Amaral, S., & Simões, C. (2017). Políticas Públicas de Educação: O Acesso ao Ensino Superior em Questão. Interdisciplinary Scientific Journal, 4(2), 210-225.

Spreng, R., Mackenzie, S., & Olshavsky, R. (1996). A Reexamination of the Determinants of Consumer Satisfaction. Journal of Marketing, 60(1), 15-32.

Strehen, S.,&Credé, M. (2015). Satisfaction with College: Re-examining its structure and its relationships with the Intent to Remain in College and Academic Performance. Journal of College Student Retention: Research, Theory & Practice, 16(4), 537-561.

Zeng, Y., Ling, Y., Huebner, E., He, Y., & Fu, P. (2018). Assessing the measurement invariance of the Brief Multimensional Students’ Life Satisfaction Scale in Chinese and American adolescents. Quality of Life Research, 27(1), 259-266.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 CBR - Consumer Behavior Review

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

  

  RePEc Ideas

Flag Counter

Consumer Behavior Review - eISSN: 2526-7884

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License