ESTUDO TAFONÔMICO DE UMA FOSSA CULINÁRIA DO SÍTIO ARQUEOLÓGICO HISTÓRICO CHÃ PETRIBU IV, NO MUNICÍPIO DE PAUDALHO EM PERNAMBUCO

Sergio Francisco Serafim Monteiro da Silva, Cláudia Alves de Oliveira

Resumo


O artigo apresenta do estudo qualitativo e quantitativo dos remanescentes ósseos encontrados em uma “fossa culinária” ou local de descarte e queima de lixo doméstico de natureza alimentar do sítio Chã Petribu IV, localizado no município de Paudalho no estado de Pernambuco. Inicialmente foi associado aos trabalhadores do plantio e processamento da cana, entretanto, a partir de outras informações do contexto arqueológico da área, considera-se como uma lixeira de antigas habitações de moradores rurais dos engenhos de cana de açúcar no Nordeste. Este estudo possibilitou pormenorizar os tipos de vestígios, os traços de alterações tafonômicas associados a eles e o seu possível uso.


TAPHONOMIC STUDY OF A CULINARY CIT OF THE HISTORICAL ARCHEOLOGICAL SITE CHÃ PETRIBU IV, IN THE COUNTY OF PAUDALHO IN PERNAMBUCO


ABSTRACT

The article presents the qualitative and quantitative study of bone remains found in a “culinary cesspit” or a place for the disposal and burning of domestic food waste at the Chã Petribu IV site, located in the municipality of Paudalho in the state of Pernambuco. Initially, it was associated with sugarcane planting and processing workers, however, based on other information from the archaeological context of the area, it is considered as a dump for old dwellings of rural residents of sugar cane mills in the Northeast. This study made it possible to detail the types of traces, the traces of taphonomic changes associated with them and their possible use.

Keywords: Chã de Petribu IV; Zooarcheology; Archaeological Taphonomy; Culinary Trench


Palavras-chave


Chã de Petribu IV; Zooarqueologia; Tafonomia arqueológica; Fossa culinária

Texto completo:

PDF

Referências


ANTONIL, J. A. Cultura e Opulência do Brasil. São Paulo: Edusp, 1982 (1711).

BAKER, J.; BROTHWELL, D. Animal Diseases in Archaeology. London: Academic Press, 1980.

BRAIN, C. K. The Hunters or the Hunted? Chicago: University of Chicago Press, 1981

BUNN, H.; KROLL, E. Systematic butchery by Plio/Pleistocene hominids at Olduvai Gorge, Tanzania. Current Anthropology. v.27, p. 431-452, 1986.

COLASURDO, M. B. Pautas de consumo de los primeiros pobladores de Rosario (Santa Fe, Argentina). Zooarqueología histórica de um pozo de basura del siglo XVIII. Vestígios – Revista Latino-Americana de Arqueologia Historica. v.8, n.9, p. 7-41, jul. –dez. 2014

DAVIS, S. J. M. The Archaeology of Animals. London: Routledge. 1995.

FREYRE, G. Nordeste. Aspectos da influência da Cana sobre a vida e a paisagem do Nordeste do Brasil. São Paulo: Global Editora. 2004.

FRISON, G. C.; WILSON, M. ; WILSON, D. J. Fossil bison and artifacts from an early altithermal period Arroyo Trap in Wyoming. American Antiquity. v.41, n.1, p. 28-57, Jan. 1976.

GETTY, R. Anatomia de los Animales Domésticos. 5 ed. Barcelona: Salvat, 1982.

IZETA, A.; SRUR, G.; COSTA, T. Zooarqueologia Urbana Colonial. El caso del Centro Cultural de la Universidad Nacional de Cordoba, Argentina. Vestígios – Reviata LatinoAmericana de Arqueologia Histórica. v.6, n.2, p.38-63, jul – dez. 2012.

JACOBUS, André L. Uma proposta para a práxis em Zooarqueologia do Neotrópico: o estudo de arqueofaunas do abrigo Dalpiaz (um sítio de caçadores-coletores na Mata Atlântica). Revista do CEPA. v. 28, n. 39, p. 49-110, 2004.

KAUSMALLY, T.; WESTEM, A. G. Excavation of Faunal Skeletal Remains from Archaeological Sites. British Archaeological Jobs Resource. OssaFreelance. Jun. 2005.

KONING, H. E. ; LIEBICH, H. G. Anatomía de los Animales Domésticos: texto y atlas em color. 2. ed. Buenos Aires: Médica Panamericana, v.1, 2, 2005.

LEWIN, R. Evolução Humana. São Paulo: Atheneu, 1999.

LYMAN, R. L. Quantitative Paleozoology. Cambridge: Cambridge University Press. 2008.

MILHEIRA, R.G.; ULGUIM, P. F. Uma contribuição para a zooarqueologia em sítios guarani do litoral sul do Brasil, Laguna dos Patos, Pelotas – RS: estratégias de assentamento, aspectos alimentares e função de sítio. CLIO Série Arqueológica, v.23, n.1, p.84-107, 2008.

PACHECO, M. L. A. F. Arqueologia dos sítios arqueológicos Maracaju I, MS e Santa Elina, MT. Dissertação (Mestrado em Arqueologia). São Paulo, Programa de PósGraduação do Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo, 2008.

PALES, L.; GARCIA, M. A. Atlas Ostéologique pour servir à l´identification des mammifères du Quaternaire. II. Tête – Rachis, Ceintures scapulaire et pelvienne, membres. Herbivores. Paris: Editions du Centre National de la Recherche Scientifique. 1981a.

____________________. Atlas Ostéologique pour servir à l´identification des mammifères du Quaternaire. II. Tête – Rachis, Ceintures scapulaire et pelvienne, membres. Carnivores, Homme. Paris: Editions du Centre National de la Recherche Scientifique. 1981b.

POTTS, R. Early hominid activities at Olduvai. Nova York: Aldine, 1988.

SHIPMAN, P. Scavenging or hunting in early hominids. American Anthropology. v.88, p. 27-43, 1986.

WILLIS, R. (ed.) Signifying Animals. Human meaning in the natural world. New York: Routledge, 1994.

ZEDER, M. A.; BRADLEY, D. G.; EMSHWILLER, E.; SMITH, B. D. (eds). Documenting Domestication (New genetic and archaeological paradigms). Berkeley: University of California Press. 2006.




DOI: https://doi.org/10.20891/clio.V35N1p190-227

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 2448-2331

© 1984-2020 CLIO Arqueológica 
Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
Programa de Pós-Graduação em Arqueologia
Centro de Filosofia e Ciências Humanas, 10º andar
Avenida da Arquitetura, S/N - Cidade Universitária
CEP 50.740-550 Recife (PE), Brasil

 

Creative Commons License
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Attribution-NonCommercial 4.0 International License

 

UFPE LOCKSS Open Access

 

Instituições de referência para a CLIO Arqueológica:

Capes ABEC Fumdham INAPAS LatinRev