PRÁTICAS DE LETRAMENTO MATEMÁTICO ESCOLAR NA INFÂNCIA: chances, análises de dados e de possibilidades
Practices of School Mathematical Literacy in Childhood: chances, analysis of data and possibilities

Regina Célia Grando

Resumo


O texto apresenta experiências de professoras com práticas de letramento matemático escolar envolvendo acaso, chance, possibilidades, combinatória e análise de dados. As práticas de letramento que se destacam são as relacionadas a jogos, situações-problema e desenvolvimento de projetos. Inicialmente, discute-se a inserção desses conceitos no currículo escolar e sua importância na formação do cidadão letrado matematicamente. Em seguida, tecem-se reflexões sobre práticas de letramento matemático escolar e relatam-se as experiências de professoras pertencentes a grupos colaborativos que, por meio de suas narrativas de aula, evidenciam um trabalho possível com tais conceitos em tarefas envolvendo jogos, situações-problemas e projetos estatísticos. A análise de tais experiências possibilita acompanhar o movimento de pensamento matemático e estatístico dos alunos, seus processos de significação, interações e discursos matemáticos que vão sendo apropriados na sala de aula. Destaca-se o letramento estatístico possível nas experiências apresentadas, com apropriação de uma linguagem e de um modo característico de pensamento matemático e estatístico

 

ABSTRACT

The text presents teachers’ experiences with practices of school mathematical literacy involving hazard, chances, possibilities, combinatorial and analysis of data. The practices of literacy which stand out are those related to games, situation-problem and projects development. Initially it is discussed the inclusion of these concepts in the school curriculum and its importance in the formation of the citizen mathematically literate. Then we compose thoughts about the practices of school mathematical literacy and we bring the teachers’ experiences who are part of collaborative groups that, by their class narratives, put in evidence a possible work with such concepts in task involving games, situationproblems and statistics problems. The analysis of such experiences enable us to follow the movement of the students mathematical thinking, their process of signification, interactions and mathematical speeches which are appropriated in the classroom. The possible statistic literacy in the presented experiences, with appropriation of a language and of a characteristic way of mathematical and statistic thinking, is highlighted.


Palavras-chave


Anos iniciais; Letramento matemático escolar; Educação estatística; Linguagem probabilística; Resolução de problemas

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.36397/emteia.v7i1.3887

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN 2177-9309

Contato: revista.emteia@ufpe.br