Laboratórios de fabricação digital: uma revisão sistemática

Thays Ramos Silva, Fábio Pinto da Silva, Evelise Anicet Ruthschilling

Resumo


O objetivo deste artigo é mapear quais temáticas vêm sendo abordadas em
produções científicas acerca de laboratórios de fabricação, e quais tipos de
metodologias são empregadas nestes estudos, a partir de uma revisão sistemática de artigos e dissertações que tenham esse tipo de espaço como tema central. A busca se deu em bases de dados como Web of Science, SciELO, Scopus e Google Acadêmico (utilizado pela escassez de trabalhos desenvolvidos no Brasil nas outras bases de dados), incluindo trabalhos publicados entre 2014 e 2018, em português, inglês e espanhol. Foram analisados 26 artigos que continham os termos “Fab Lab” ou “Textile Lab” no título, palavras-chave ou resumo. Os resultados mostram que todos os trabalhos empregam uma abordagem qualitativa para coleta e análise de dados; sete diferentes eixos temáticos foram encontrados e a maioria dos artigos traz estudos sobre as relações de aprendizado no contexto Fab Lab.


Palavras-chave


Fab Lab; laboratórios de fabricação; revisão sistemática da literatura; Textile Lab; metodologias

Texto completo:

PDF

Referências


ADAM, Aurèle. ZUIDWIJK, Thim. URBACH, Paul. Bringing optics to Fab Labs

in Europe. 14th Conference on Education and Training in Optics and

Photonics: ETOP 2017. CCC code: 0277-786X/17/$18 · Disponível em:

1117/12.2281969>. Acesso em: 23 jun. 2018.

ANGRISANI, Leopoldo et al. Academic Fab Labs for industry 4.0:

experience at University of Naples Federico II. IEEE Instrumentation

&Measurement Magazine. Disponível em:

https://ieeexplore.ieee.org/document/8278802/>. Acesso em: 20 jun. 2018.

AGUIAR, Fernando Ferreira et al. Desenvolvimento e implantação de um

Fab Lab: um estudo teórico. Revista Espacios Vol. 38 (No 31) 2017. Pág. 1

ISSN 0798 1015. Disponível em:

. Acesso em: 28

jun. 2018.

BASMER, S. et al. Open production: chances for social sustainability in

manufacturing. Procedia CIRP. Vol. 26, 2015, Pages 46-51. Disponível em:

. Acesso em: 04 jun. 2018.

BASTOS, Victória Fernandez. Moda e Fabricação Digital em um contexto

Fab Lab: equipamentos, métodos e processos para o desenvolvimento de

produtos. Dissertação (Mestrado em Design) - Universidade Federal De

Pernambuco - Centro de Artes e Comunicação - Programa de Pós-graduação

em Design. Recife, p. 153. 2014. Disponível em:

. Acesso em: 25 jun. 2018

BEN REJEB, Helmi. ROUSSEL, Benoît. Design and Innovation Learning: case

study in north african engineering universities using creativity workshops

and fabrication laboratories. 28th CIRP Design Conference, 2018. Disponível

em: . Acesso em: 25 maio

BORGES, Karen.; PERES, André; CASTILHO, Maria; DA CRUZ, Léa Fagundes.

Possibilidades e desafios de um Espaço Maker com objetivos

educacionais. Tecnologia Educacional. 1. 22 – 32, 2015. Disponível em:

Acesso em:

maio 2018.

BULL, Glen et al. Make to learn: invention through emulation. Smart

Learning Environments, 2017. 4:8 DOI 10.1186/s40561-017-0047-5. Acesso

em: 25 maio 2018.

COSTA, Christiane Ogg; PELEGRINI, Alexandre Vieira. O design dos

Makerspaces e dos Fab Labs no Brasil: um mapeamento preliminar. Design

e Tecnologia, [S.l.], v. 7, n. 13, p. 57-66, jun. 2017. ISSN 2178-1974. Disponível

em: . Acesso

em: 13 jun. 2018.

CRESWELL, John W. Projeto de pesquisa: métodos qualitativo,

quantitativo e misto. 6ª Ed. São Paulo, SP: Pearson Prentice Hall, 2007.

DE CAMPOS, Paulo Eduardo Fonseca; DIAS, Henrique José dos Santos. A

insustentável neutralidade da tecnologia: o dilema do Movimento Maker e

dos Fab Labs. Disponível em: < https://doi.org/10.18617/liinc.v14i1.4152>.

Acesso em: 13 jun. 2018.

DRESCH, A.; LACERDA, D. P.; ANTUNES JÚNIOR, J. A. V. Design science

research: método de pesquisa para avanço da ciência e tecnologia. Porto

Alegre: Bookman, 2015.

FROSCH, Renato; ALVES, Antônio Fernando Gomes. Perspectivas para a

formação docente universitária com aspectos Makers. Revista de Estudos

Aplicados em Educação, v. 2, n. 4, jul./dez. 2017. Disponível em:

<10.13037/rea-e.vol2n4.4997>. Acesso em: 14 jun. 2018.

GAEIRAS, Bernardo. Fab Lab Lisboa: when a municipality fosters grassroots,

technological and collaborative innovation. Field Actions Science Reports

[Online], Special Issue 16 | 2017, Online since 01 June 2017, connection on 09

January 2018. Disponível em:

. Acesso em: 28 maio

GALVÃO, Taís Freire; PEREIRA, Maurício Gomes. Revisões sistemáticas da

literatura: passos para sua elaboração. Disponível em:

.

Acesso em: 25 maio 2018.

GIUISTI, Jessica D.; ALBERTI, Fernando G.; BELFANTI, Federica. Makers and

clusters: knowledge leaks in open innovation networks. Journal of

Innovation & Knowledge (2017). Disponível em:

. Acesso em: 28 maio 2018.

KOHTALA, Cindy. Making “Making” Critical: how sustainability is

constituted in Fab Lab ideology. The Design Journal, 20:3, 375-394,

Disponível em:

MARAVILHAS, Sérgio; MARTINS, Joberto. Strategic knowledge

management a digital environment: tacit and explicit knowledge in Fab

Labs. Journal of Business Research (2018), Disponível em:

. Acesso em: 25 jun. 2018.

NASCIMENTO, Susana; PÓLVORA, Alexandre. Maker cultures and the

prospects for technological action. Sci Eng Ethics (2018) 24:927–946Disponível em . Acesso em:

maio 2018.

NETO, Emílio Bertholdo. Sistemas de tecnologia urbanas colaborativas: os

casos da Rede Fab Lab Livre SP e do MobiLab. 2018, 247f. Disponível em:

. Acesso em: 11 jun.

NEVES, Heloísa. Maker Innovation: do open design e fab labs ... às

estratégias inspiradas no movimento maker. São Paulo, 2014, 261 p.

Disponível em:

-112909/pt-br.php>. Acesso em: 30 jun. 2018.

OLIVEIRA, Diego Jucá de Lima. O uso da Prototipagem e Fabricação Digital

no ambiente Fab Lab. 2016. 109 f. Disponível em:

. Acesso em: 11 jun. 2018.

RUIZ, Maria Elena García; ACEBO, Francisco Javier Lena. Fab Lab global

survey characterization of Fab Lab phenomenon. Disponível em:

.

Acesso em: 21 jun. 2018.

SANTANA, André L. M. et al. Lite Maker: um fab lab móvel para aplicação de

atividades mão na massa com estudantes do ensino básico. Disponível em:

. Acesso em: 12 jun. 2018.

SAVASTANO, Marco et al. Fab Labs as Platforms for Digital Fabrication

Services: a literature analysis. IESS 2017, LNBIP 279, pp. 24–37, 2017.

Disponível em: . Acesso em: 27 jun.

STACEY, Michael. The Fab Lab network: a global platform for digital

invention, education and entrepreneurship. Innovations: Technology,

Governance, Globalization Volume 9 | Issue 1-2 | Winter-Spring 2014.

Disponível em: . Acesso em: 28

maio 2018.

URRUTIA PINTO, Sofia Lorena et al. O Movimento Maker: enfoque nos Fab

Labs brasileiros. Disponível em:

. Acesso em: 25 maio

URRUTIA PINTO, Sofia Lorena et al. Fab City com enfoque em economia

circular. Congresso Nacional de Inovação e Tecnologia, [S.l.], oct. 2017. ISSN

-3145. Disponível em:

.

Acesso em: 02 ago. 2018.

VIEIRA, Regiane Balestra; BRESCIANI, Luis Paulo; DOS SANTOS, Isabel

Cristina. Fab Labs network in developing countries knowledge: spillover

effects or managing technology development within the scarcity economy?2017 Proceedings of PICMET '17: Technology Management for

Interconnected World. Disponível em:https://ieeexplore.ieee.org/document/8125265/>. Acesso em: 15 jun.

VOIGT, Christian; UNTERFRAUNER, Elisabeth; STELZER, Roland. Diversity inFab Labs: culture, role models and the gendering of making. Springer

International Publishing AG 2017 I. Kompatsiaris et al. (Eds.): INSCI 2017,LNCS 10673, pp. 52–68, 2017. Disponível em:. Acesso em: 27 jun. 2018.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookman,2001. 2. ed.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.