PRESSUPOSTOS DE EFICIÊNCIA DE MERCADO: UM ESTUDO EMPÍRICO BOVESPA

Pierre Lucena, Antonio Carlos Figueiredo

Resumo


Este paper trata de um dos assuntos mais discutidos na teoria financeira: a previsão de
retornos futuros. Trabalhamos com o modelo de multifatores de Fama e French, e da regressão,
apresentada por Grinblatt e Moskowitz (2002), que agregam os ativos de acordo com alguns
indicadores, neste caso o tamanho da empresa e o índice preço/valor patrimonial (P/VP).
Apresentamos aqui também uma análise ampla das autocorrelações mensais entre as ações mais
negociadas no Brasil a partir de 1995. Os resultados encontrados sugerem que a análise de
multifatores de Fama e French se mostra bastante útil e com variáveis de tamanho da empresa e
do índice P/VP significativos. Em relação às autocorrelações, na maioria dos casos não se
mostraram significativas individualmente, o que sugere indícios de eficiência na forma fraca. Os
resultados também sugerem que o modelo apresentado por Grinblatt e Moskowitz (2002) não
mostraria resultados satisfatórios, pois não seria possível, em um primeiro momento, uma
estratégia de ganhos excessivos apenas através de utilização de dados de séries temporais.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................