Caracterização e Contribuição das Redes informacionais para o Desenvolvimento dos Arranjos Produtivos Locais no Setor de Confecções do Agreste Pernambucano

Maria de Fátima Martins, Elisabeth de Oliveira Andrade, Gesinaldo Ataíde Cândido

Resumo


O artigo faz uma análise da contribuição das redes informacionais para o desenvolvimento dos
Arranjos Produtivos Locais (APLs) no setor de Confecções do Agreste Pernambucano. A
metodologia utilizada no estudo baseou-se em dados secundários referentes aos APLs de Toritama,
Caruaru e Santa Cruz do Capibaribe, tendo como principal base de dados uma pesquisa realizada
pelo SEBRAE para caracterização econômica e estudo da imagem do Pólo de Confecção do agreste
pernambucano. A análise foi realizada com base no estudo de Borges Jr. (2004), que utilizou o modelo proposto por Huberman e Miles (1991), para identificar os diferentes nós existentes na
rede informacional, classificando-os como nó forte e nó fraco através dos conceitos estabelecidos
por Granovetter (1985), de acordo com os trabalhos de Julien (2000). Os resultados mostram que
os APLs de confecções do agreste pernambucano apresentam uma rede com uma quantidade
significativa de nós fortes, porém uma quantidade menos expressiva de nós fracos. Assim, foram
encontrados diversos problemas que interferem no desenvolvimento dos Arranjos e que necessitam
de uma rede informacional mais estruturada, especialmente em relação aos nós fracos que formam
a rede, envolvendo as instituições, associações, organizações governamentais, entre outros.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................