Desafios e Dilemas das Ongs na Cooperação Internacional: Uma Análise da Realidade Brasileira

Patrícia Maria E. Mendonça, Armindo dos Santos de Sousa Teodósio, Flávia de Magalhães Alvim, Edgilson Tavares de Araújo

Resumo


Este artigo discute o histórico de relacionamento de organizações da cooperação internacional e
suas parceiras locais brasileiras, levantando algumas hipóteses sobre o deste relacionamento.
Observa-se nos últimos anos uma gradual retirada de  recursos e apoio das entidades de
cooperação internacional no país e uma maior concentração de ações no continente africano e
asiático e no leste Europeu. Estas mudanças são frutos de pressões e desafios que se colocam
sobre as organizações financiadoras do Norte, e acabam gerando um impacto nas ONGs brasileiras
devido ao seu histórico de dependência financeira.  Para discutir estas questões este trabalho
resgata o histórico de atuação da cooperação internacional no Brasil, suas principais áreas de atuação, e prioridades. Busca traçar o cenários de  atuação das organizações internacionais,
identificando suas fontes de recursos e legitimidade, e sua inserção num complexo sistema de fluxo
de recursos e conhecimentos. Com isso, pretende-se  avançar na compreensão dos desafios e
dilemas para as ONGs brasileiras.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................