Gerenciamento de Pessoas: Sobre a Formação dos Conceitos de Trabalho em Geral e em Abstrato: de John Locke a Adam Smith

Hermano Roberto Thiry-Cherques

Resumo


A evolução dos métodos administrativos e da tecnologia da informação, aliada à sucessão de crises
morais e econômicas que assistimos na última década, determinou alterações profundas na forma de
ordenar e de gerenciar as organizações. O entendimento do papel do fator humano na produção,
particularmente no que se refere aos conceitos utilizados na gestão de recursos humanos, se tornou
insuficiente para explicar o fenômeno do trabalho e para esclarecer sua situação no quadro
econômico-organizacional contemporâneo. Neste artigo procuro contribuir para o processo de
reconstrução do corpus conceitual do gerenciamento  de pessoas que hoje se delineia. Analiso as
contribuições de John Locke e de Adam Smith, examinando os que termos em que permanecem ou
vêm perdendo vigência os atributos relativos ao conceito de trabalho em geral e ao conceito do
trabalho em abstrato por eles formulado.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................