As Representações Sociais dos Publicitários Quanto às Questões Éticas da Propaganda

Claudia Rosa Acevedo, Cecília Caraver Prado Telles, Sérgio Luiz do Amaral Moretti, Jouliana Jordan Nohara

Resumo


A questão ética nas estratégias de Marketing tem sido alvo de críticas por parte da sociedade há várias
décadas. Afirma-se que determinadas práticas de marketing prejudicam tanto os consumidores
individualmente, como a sociedade como um todo. Entre as ferramentas de marketing, a propaganda
costuma ser o alvo preferencial dessas críticas, principalmente por causa de efeitos indesejados sobre
a sociedade. Nesse panorama o objetivo do presente  trabalho é compreender o que pensam os
publicitários sobre as questões éticas relacionadas à propaganda. O arcabouço teórico empregado é a Teoria das Representações Sociais, que é acompanhado de um aporte metodológico próprio  o qual
emprega a técnica de entrevista em profundidade para a coleta dos dados e a técnica de mapas de
associação de idéias para a interpretação dos resultados. Foram entrevistados trinta publicitários de
vinte e sete agências situadas na cidade de São Paulo. Das narrativas emergiram três grandes
categorias de representações. São elas: “conhecimento”, “vivências” e “sentimentos”.  A primeira
compreende o que os entrevistados conhecem sobre as questões éticas da propaganda. A segunda
refere-se a como eles as vivenciam e a terceira diz respeito aos sentimentos que afloram a partir de
situações antiéticas.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................