O consumidor na correnteza do comércio online: o papel da teoria do fluxo

Salomão Alencar de Farias, Michelle Helena Kovacs, Janaynna Menezes da Silva

Resumo


O conceito de fluxo foi desenvolvido originalmente no campo psicologia por Csikszentmihalyi
(1975), que o definiu como a sensação holística que as pessoas sentem quando agem com total
envolvimento em determinada atividade. Quando em fluxo, o indivíduo sente-se tão envolvido pela
atividade que nada mais parece importar. Apesar dos vários estudos já realizados para a
compreensão do comportamento do consumidor  on-line, como forma de atrair e estimular a
compra no ambiente virtual com o uso da teoria do fluxo, ainda não existe um consenso a respeito
de quais elementos são antecedentes, conseqüentes ou fazem parte do fluxo no ambiente
intermediado por computadores. Dada a importância do tema e a confusão aparente existente na
categorização das dimensões do fluxo, este estudo tem como objetivo principal identificar os
construtos relacionados ao estado de fluxo na forma de antecedentes, componentes e
conseqüências, através da apresentação de um modelo teórico.Para tanto, além da revisão da
literatura, foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com indivíduos que já haviam comprado pela internet.  A contribuição teórica aqui proposta residiu na apresentação de um modelo a ser
investigado em pesquisas futuras, que pretendeu minimizar a confusão anteriormente comentada.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................