A TRIBUTAÇÃO E O COMPORTAMENTO DOS PREÇOS DAS AÇÕES NOS DIAS EX-DIVIDENDOS E EX-JSCP: UMA ANÁLISE EMPÍRICA NO BRASIL

Alex Gama Queiroz dos Santos, Adilson Luiz Gomes Firmino, Adriano Leal Bruni, Alberto Shigueru Matsumoto

Resumo


Este artigo analisa, empiricamente, o
comportamento dos  preços das ações
negociadas  na Bovespa no primeiro  dia em
que elas se tornam ex-juros sobre  capital
próprio e  ex-dividendos, observando-se a
influência da tributação na formação dos
preços dessas ações, nas respectivas datas
“ex”. A amostra foi constituída por 378
eventos, representando ações com presença
em bolsa acima de 85%, no período de
janeiro de 1996 a dezembro de 2002, e que
pagaram pelo menos um único dividendo ou
juros durante o período. O estudo rejeitou as
hipóteses de igualdade  entre as médias e
medianas observadas  e as respectivas
medidas teóricas, tanto para  dividendos
quanto para juros. Tais resultados
mostraram-se persistentes, mesmo  após a
remoção de  outliers.  Os índices preços
estatísticos médios observados para
dividendos e JSCP com (sem) outliers  foram
respectivamente de  0,507 (0,539) e 0,482
(0,497). Os índices variações de  preços
médios observados das ações no primeiro dia
ex-dividendo e ex-juros foram iguais a 0,019
(0,022) e 0,018 (0,019). Os preços médios
das ações nas respectivas ex-datas variaram
em uma proporção menor que as médias dos
dividendos e JSCP anunciados, sendo os
resultados coerentes com estudos realizados
em outros países.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................