ANÁLISE DO DISCURSO NA PERSPECTIVA DA INTERPRETAÇÃO SOCIAL DOS DISCURSOS: UMA POSSIBILIDADE ABERTA AOS ESTUDOS ORGANIZACIONAIS

Christiane Kleinübing Godoi

Resumo


A complexidade do campo da Análise
do Discurso pode ser atribuída ao seu caráter
interdisciplinar, com raízes e
desenvolvimentos em disciplinas das ciências
humanas e sociais, como a Lingüística, a
Semiótica, os Estudos Literários, a
Antropologia, a Sociologia, a Teoria da
Comunicação, a Psicologia Social e Cognitiva
e a Inteligência Artificial. Além da diversidade
constitutiva, há, sob  a denominação de
análise do discurso, numerosas linhas
analíticas, tendências e modelos distintos
que, pretendendo instaurar-se como
hegemônicos ou exclusivos, não situam a si
próprios  no contexto histórico e
epistemológico. Como conseqüência, acabam
por produzir uma ausência de clareza, não
apenas acerca da vinculação dos modelos
entre si e com as disciplinas originárias, mas
em torno da compreensão do  que seja esse
tipo crucial de análise qualitativa. Classifica-
se a variedade de abordagens de análise do
discurso em três perspectivas básicas: a
informacional-quantitativa, a estrutural-
textual e a social-hermenêutica,  também
denominada interpretação social dos
discursos. Este ensaio pretende buscar a
delimitação da Análise do Discurso no espaço
metodológico-epistemológico dos Estudos
Organizacionais. Recorre-se à Teoria
Psicanalítica naquilo em que ela pode ampliar
a compreensão da metodologia da Análise do
Discurso, especificamente no que se refere
ao fenômeno da interpretação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................