Políticas e Práticas de Gestão de Pessoas em Organizações Intensivas em Tecnologia: Estudo Descritivo em Provedores de Acesso a Rede Mundial de Computadores

Kenneth Nunes Tavares de Almeida, Marlene Catarina de Oliveira Lopes Melo, Mozar José de Brito

Resumo


O principal objetivo desta pesquisa foi estudar as políticas e práticas de gestão de pessoas em
organizações intensivas em tecnologia. Partiu-se do pressuposto de que as organizações
estudadas mantinham um alinhamento entre a sua estratégia tecnológica e as políticas e
práticas de gestão de pessoas. A verificação dessa proposição exigiu a sistematização teórica de
alguns aspectos do processo de inovação tecnológica nas organizações, novas competências
exigidas da força de trabalho e particularidades das políticas e práticas de gestão no contexto
brasileiro. O fenômeno estudado influenciou marcadamente a escolha metodológica empregada
neste trabalho, enfatizando-se o método de pesquisa descritivo sobre a visão do gerente. As
análises evidenciaram que as organizações estudadas estão inseridas em um contexto marcado
pela intensividade em inovações tecnológicas e por posturas estratégicas ancoradas no princípio
da competição. Observou-se que as políticas e práticas de gestão de pessoas empregadas  pelas
organizações estudadas não estão alinhadas com as suas estratégias de gestão de
produtos/serviços e de inovação tecnológica. Acredita-se que as reflexões reunidas neste
trabalho ampliam o diálogo acadêmico articulado em torno das políticas e práticas de gestão de
pessoas em organizações que empregam, de forma intensiva, as novas tecnologias de
informação e comunicação.   

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................