PETER DRUCKER E A LEGITIMAÇÃO DO CAPITALISMO TARDIO: UMA ANÁLISE CRÍTICA DE DISCURSO

Ilídio Medina Pereira, Maria Ceci Misoczky

Resumo


Este artigo resulta de uma pesquisa cujo objetivo foi analisar o discurso de Peter Drucker e sua
relação com a disseminação da ideologia neoliberal e, portanto, com a legitimação das práticas
do capitalismo tardio. Para tanto, tomando um corpus composto por três textos, foi realizada a
Análise Crítica do Discurso. De acordo com a proposta de Fairclough, da atuação simultânea e
dialética de três principais tipos de significado em textos, os trechos escolhidos foram analisados
na perspectiva de seus significados acional, representacional e identificacional. Para
apresentação nesse artigo a análise foi organizada em torno de temas recorrentes no corpus do
estudo: a inevitabilidade da sociedade do conhecimento e da competição; os empregados se
tornam donos dos instrumentos de produção ; a inovação destruidora; a superioridade da raça
branca e dos norte-americanos para a inovação; a demissão do Estado e o assistencialismo de
mercado; a administração como órgão central da sociedade do conhecimento. A análise sócio-
discursiva realizada permitiu apreender a contribuição dos discursos proferidos por Peter Drucker
no reforço de conhecimentos, crenças e valores que contribuem para a naturalização fatalista da
globalização neoliberal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................