A QUALIDADE DE VIDA NO TRABALHO DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA: UM ESTUDO DE CASO EM UMA GRANDE EMPRESA DO SETOR METALÚRGICO.

Marcia Viana Abreu, Lúcio Flavio Renault de Moraes

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo investigar a qualidade de vida no trabalho (QVT) de pessoas com deficiência, tendo como base o modelo teórico de Walton (1973). O estudo foi direcionado para pessoas com deficiência visual, auditiva e física. A pesquisa foi de caráter descritivo, mediante estudo de caso de uma empresa metalúrgica de grande porte. O método de pesquisa adotado foi quantitativo e qualitativo, a partir da aplicação de questionários e realização de entrevistas. A análise dos resultados permitiu inferir satisfatória qualidade de vida no trabalho para a população pesquisada. Os fatores remuneração, condições de trabalho, uso e desenvolvimento de capacidades e oportunidades de crescimento profissional foram os que apresentaram as mais baixas médias. Ao serem inquiridos acerca dos fatores que são determinantes em sua qualidade de vida no trabalho, os entrevistados os enumeraram por ordem de importância e declararam ser oportunidade de crescimento profissional o que mais os influencia em sua QVT e os fatores relevância de seu trabalho, direitos na empresa e equilíbrio entre trabalho e vida os que, nesta ordem, menos interferem em sua QVT.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................