MECANISMOS QUE SUSTENTAM A COMPETITIVIDADE DE UMA CADEIA DE VALOR TERCEIRIZADA: O CASO DA MAIOR DISTRIBUIDORA DE ENERGIA ELÉTRICA DO BRASIL.

Leonardo Leocádio Coelho de Souza, Gregório Jean Varvakis Rados

Resumo


Este artigo tem como foco de pesquisa o estudo sobre os mecanismos que determinam o funcionamento e a competitividade de uma cadeia de valor terceirizada, que associa-se a configuração em rede, em virtude da terceirização das atividades da cadeia de valor proposta por Porter (1985). A motivação base para realização deste estudo está nas reflexões sobre pesquisas envolvendo as temáticas cadeia de valor, terceirização, vantagem competitiva, rede de valor e redes interorganizacionais. Portanto, este artigo tem como objetivo analisar e apresentar como funciona uma cadeia de valor terceirizada e quais os mecanismos que sustentam sua competitividade. Para alcançar este objetivo, foram realizadas, além da revisão de literatura, visitas e entrevistas in loco, com diretores, gestores e colaboradores operacionais da maior distribuidora de energia elétrica do Brasil. Verificou-se que os mecanismos de coordenação estabelecidos pela empresa analisada possibilitou, além da redução de custos, uma melhora significativa em relação a comunicação, equipamentos, tecnologia para execução dos serviços e segurança no trabalho. Essa contribuição instiga as constatações teóricas apresentadas e as relaciona com os mecanismos de coordenação utilizados pelo caso escolhido.

Palavras-Chave: Terceirização. Cadeia de valor. Organizações em rede. Rede de valor. Setor elétrico.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................