PRÁTICAS DE CONTROLE E TERRITORIALIDADES NA CIDADE: UM ESTUDO SOBRE LAVADORES E FLANELINHAS - Control Practices and Territorialities in the City: a Study about Media Doscourse on Car Washers and Car Keepers

Paula Fernandes Furbino Bretas, Luiz Alex Silva Saraiva

Resumo


O interesse recente de pesquisadores de estudos organizacionais sobre a cidade sugere que se trata de um objeto oportuno para a pesquisa. Com base nisso, o objetivo neste artigo é analisar como formas de controle se configuram na cidade no contexto da territorialidade, tendo sido escolhido como locus o discurso da mídia sobre o trabalho dos flanelinhas e lavadores de carro da cidade de Belo Horizonte. A partir de uma abordagem qualitativa, foram coletadas 22 reportagens que especificamente tratavam do tema, material cujo conteúdo foi trabalhado mediante análise qualitativa de conteúdo. Os principais resultados sugerem que o uso de práticas formais de controle tenta promover a desterritorialização e legitimar discursos hegemônicos, silenciando sobre outros problemas urbanos. Assim, atores que não tem seus interesses defendidos desenvolvem práticas de controle na cidade, o que deveria ser considerado na gestão urbana, já que a cidade inclui as vivências da sua população.


Texto completo:

PP. 247-270 PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................