ANÁLISE DA INTERAÇÃO DE USUÁRIOS COM REPOSITÓRIOS INSTITUCIONAIS DE INSTITUIÇÕES FEDERAIS DE ENSINO SUPERIOR BRASILEIRAS - Interaction’s Analysis of Users With Institutional Repositories of Federal Institutions of Higher Brazilian Education

Críssia de Santana Marcelino, Sandra de Albuquerque Siebra

Resumo


Os repositórios institucionais reúnem toda a produção científica, intelectual, artística e acadêmica de uma instituição e, devido ao seu público ser heterogêneo, pensar em como tornar a interação com esses ambientes mais fácil e acessível se torna algo relevante. Nesse contexto, este artigo apresenta o resultado da pesquisa que mapeou as dificuldades, problemas, dúvidas e sugestões de usuários relacionados a interação com repositórios institucionais (RIs). Esta foi uma pesquisa descritiva, realizada a partir de testes de usabilidade e acessibilidade, com análise qualitativa e quantitativa dos dados obtidos. Usou-se também como instrumentos de coleta de dados, questionários de satisfação e observação direta das ações sendo realizadas. Os testes de acessibilidade foram aplicados a um RI de Instituição Federal de Ensino Superior (IFES) por capital brasileira. Já os testes de usabilidade foram realizados nos RIs da UFRGS, UFPR, UFSC, UFBA e UFPE. Esses repositórios foram selecionados por possuírem o maior quantitativo de documentos depositados. Como resultados foram detectados problemas na navegação e na busca, além de ter ficado claro que esses ambientes não estão preparados para o acesso por pessoas com deficiência. Essa pesquisa possibilita um diagnóstico inicial da realidade de como os repositórios brasileiros estão promovendo o acesso a informação e a interação com seus usuários.

Palavras-chave: repositórios institucionais; interação com usuários; acessibilidade; usabilidade.


Texto completo:

PDF 300-309

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................