AS NOVAS CONFIGURAÇÕES UTILIZADAS PELO CONTROLE NAS ORGANIZAÇÕES - The New Settings Used By The Control In The Organizations

Fátima Regina Ney Matos, Diego de Queiroz Machado

Resumo


O homem, grande pilar de sustentação das organizações, vem gradativamente sofrendo um processo de esmagamento. Sob o impulso de numerosos conflitos, o design das relações empregador-empregado está se transformando e o trabalhador vem perdendo cada vez mais o controle sobre os meios de produção frente às novas tecnologias. Neste ensaio, procurar-se-á identificar o impacto do processo destas transformações organizacionais a partir da modernização tecnológica sobre a organização do trabalho e como a introdução de novas tecnologias vem modificando as formas de controle mais comuns nas empresas. O processo de modernização tecnológica trouxe efeitos colaterais como insegurança, incerteza, cansaço, temor ao desemprego, vigilância mais violenta, haja vista que passa a ser feita por sofisticados mecanismos, conseguidos através da pressão emocional e introjeção de medos gerais a situações aversivas (desemprego, queda do poder aquisitivo, autoimagem negativa, perda de status, entre outras). Adaptando-se à época vigente, os detentores do poder desenvolvem novas e mais sofisticadas estratégias de controle. Neste sentido, os potenciais abusos do controle pelos grupos dominantes são subestimados, pois as novas roupagens utilizadas pelo controle nas organizações empresariais são disfarçadas pelo aparato tecnológico.

 

DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1679-18272017v15n1.p37-45


Texto completo:

PDF 37-45

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


..................................................................................................................................................................................................................................................................................