ENTRE “ESTUDOS” E APRENDIZAGENS “ORGANIZACIONAIS” - In Between “Organization” Learning And “Studies”

Bruno Luiz Américo, Tatiane Alves de Melo, Pablo Augusto Panêtto de Morais

Resumo


Esta investigação descreve e analisa o processo de Aprendizagem Organizacional da Coordenação de Inglês da Secretaria de Educação e Cultura do Estado de Coahuila, México, em relação à emergência de uma recente política pública federal para ensinar inglês como segunda língua neste país. Trata-se de um estudo de caso qualitativo, que foi conduzido durante o segundo semestre de 2011. A imersão de um dos pesquisadores no campo e a coleta dos dados da pesquisa se deram por meio de observação, entrevistas semiestruturadas e não direcionadas e documentos. Quanto ao referencial teórico, vale-se da literatura dos Estudos Organizacionais, de Aprendizagem Organizacional, bem como da Teoria Ator-Rede. Os resultados da pesquisa indicam que a Aprendizagem Organizacional da Coordenação de Inglês tornou possível que a Secretaria de Educação e Cultura do Estado de Coahuila participasse das circunstancias históricas e dos desenvolvimentos da educação formal mexicana, ao invés de ser determinada por tal contexto.

DOI: http://dx.doi.org/10.21714/1679-18272017v15n2.p603-616


Texto completo:

PDF 603-616

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




..................................................................................................................................................................................................................................................................................