DO IMPRESSO AO DIGITAL REFLEXÕES SOBRE AS PRÁTICAS LEITORAS

Juliana Pádua Silva Medeiros, Thiago Pereira da Costa

Resumo


Este artigo propõe refletir sobre as práticas de leitura, em especial, do
texto literário. Para tanto, a partir de uma visada histórica que vai da revolução impressa à digital, discorre acerca das transformações do livro (materialidade e circulação) e, consequentemente, dos diferentes perfis de leitores.


Palavras-chave


Leitor; Leitura; Livro.

Texto completo:

PDF

Referências


BERGSTRÖM, Bo. Fundamentos da comunicação visual. São Paulo: Rosari, 2009.

BLACK, Roger. Web sites que funcionam. Califórnia: Adobe Press, 1997.

CAMPOS, Augusto de; PLAZA, Julio. Poemóbiles. 3. ed. São Paulo: Annablume,

[1968]

CAPARELLI, Sérgio. 33 ciberpoemas e uma fábula virtual. Porto Alegre: L&PM,

CHARTIER, Roger. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: UNESP,

COSTA, Thiago. O dia em que matamos James Cagney: da versão impressa a uma

versão digital. São Paulo: 2015. Mestrado em Letras, Universidade Presbiteriana

Mackenzie.

CUNHA, Maria Zilda. Entre livros e tela: A narrativa para crianças e jovens: saberes

sensíveis e olhares críticos. Revista Via Atlântica. São Paulo: Departamento. 2008;

(14): 45 – 62.

FEBVRE, Lucien; MARTIN, Henry Jean. O aparecimento do livro. São Paulo: Unesp,

LAJOLO, Marisa; ZILBERMAN, Regina. Das tábulas da lei à tela do computador: a

leitura em seus discursos. São Paulo: Ática, 2009.

LÉVY, Pierre. O que é virtual. São Paulo: Editora 34, 2014.

MANGEL, Alberto. Uma história da leitura. 2 ed. São Paulo: Companhia das Letras,

MARCUSCHI, Luiz Antônio. O hipertexto como novo espaço de escrita em sala de

aula. In: Linguagem e Ensino, vol. 4, nº 1, 2001, p. 79-111.

MEDEIROS, Juliana Pádua Silva. Navegar é preciso: o perfil do leitor

contemporâneo e os desafios da leitura hipertextual em Abrindo caminho e A maior

flor do mundo. São Paulo: 2011. Mestrado em Letras, Universidade de São Paulo.

RIBEIRO, José da Silva. Antropologia visual: práticas antigas e novas perspectivas

de investigação. Revista de Antropologia, São Paulo: USP, 2005, v.48, n.2, p. 613-

SANTAELLA, Lúcia. Cultura das mídias. São Paulo: Experimento, 1996.

__________. Matrizes da linguagem e pensamento: sonora, visual e verbal. São

Paulo – SP: Ed. Iluminuras, 2001.

__________. Navegar no ciberespaço: o perfil cognitivo do leitor imersivo. São

Paulo: Paulus, 2004.

__________. Linguagens líquidas na era da mobilidade. São Paulo: Paulus, 2007.

ZIRALDO. Flicts. Rio de Janeiro: Editora Expressão e Cultura, 1969.

ZILBERMAN, Regina. Fim do livro? Fim dos leitores? São Paulo: Senac, 2001.

WHITE, Jan V. Edição e Design. São Paulo: JSN Editora, 2005.




DOI: https://doi.org/10.12345/htxt.v20i1.247994

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


2007 - 2020 © Hipertextus Revista Digital - ISSN: 1981-6081 - E-mail: hipertextusrevistadigital@gmail.com
Universidade Federal de Pernambuco - Departamento de Letras - Núcleo de Estudos de Hipertexto e Tecnologia Educacional