O PRONAF E A DINÂMICA GEOGRÁFICA CAMPONESA: O CASO DO ASSENTAMENTO SÃO JOSÉ EM BALSAS NO MARANHÃO – BRASIL

Vanderson Viana Rodrigues, Eliezer Henrique da Silva Sousa, Ademir Terra

Resumo


A conjuntura da questão agrária no Brasil e o reconhecimento da agricultura camponesa justifica a criação de um ambiente institucional favorável para o desenvolvimento das atividades de base sustentável. O presente trabalho objetivou verificar a ação do PRONAF junto aos camponeses do assentamento São José no município de Balsas, Maranhão, analisando as barreiras e ações desta política no âmbito do município. Ressalta-se aqui, que os camponeses balsenses têm enfrentado dificuldades em se manter no campo, isso por conta do avanço do agronegócio sobre as populações tradicionais, as quais têm sido esmagadas pelas ações de grilagem, ameaça e corrupção no campo, onde o capital e a produção em alta escala, tem tomado rumos que não respeitam a natureza e nem a vida.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 
 
 LATINDEX
 
Thumbnail
 
 
Sumários.org