Educação popular: ferramenta de luta para “a superação” da questão agrária brasileira

José Davi Ferreira Lima, Evily Igor Santos

Resumo


A questão agrária brasileira é um tema que tem sido estudado e discutido por muitos estudiosos no Brasil e no mundo, tendo-se em vista a vasta literatura produzida, que apresentam um quadro histórico, geográfico, social, econômico e político do problema agrário no país, que está na raiz das desigualdades e injustiças socioespaciais vividas pelo povo brasileiro. É fato que também tem existido muita luta popular contra tal modelo de sociedade e organização territorial. A luta acontece mediante a percepção desvelada da realidade opressora. Nesse sentido, a Educação Popular, enquanto um processo que se dá do povo para o povo, que tem horizontes estratégicos e opção política-ideológica fortemente demarcada, apresenta-se como uma ferramenta necessária a formação das massas camponesas (e operárias) para a luta popular, contra o modelo hegemônico de organização da sociedade, monopolista e, consequentemente, excludente. Portanto, o presente texto tem como objetivo provocar uma reflexão acerca da Educação Popular como via para a transformação da realidade agrária brasileira. O caminho metodológico trilhado foi o da revisão de literatura e coleta de dados estatísticos em sites oficiais. Assim, identificou-se a viabilidade metodológica/pedagógicada Educação Popular para a luta por justiça social.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


INDEXADORES E BASE DE DADOS

 
 
 LATINDEX
 
Thumbnail
 
 
Sumários.org