DO DOMÍNIO ESCOLAR: TIRANDO A PROVA

Patrícia Fernandes, Priscila Seabra

Resumo


Aqui, é analisada a produção, organização e o processamento do gênero  textual "prova de vestibular". Os gêneros são tidos como realizaçõees textuais empíricas no processo discursivo e leva-se em conta que os sentidos textuais são obtidos através de um trabalho cognitivo e de uma atividade social. A relevância desta ivestifgação reside na observação mais precisa sobre como se caracteriza a estrutura de provas de vestibular, ao mesmo tempo que conduz à percepção das concepções de língua, texto e gênero embutidas na produção de sentidos deste gênero.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.