Exercícios de Ser Criança: um passeio pela fantasia em Manuel de Barros

Dilso Santos, Janice Maria Mallmann

Resumo


Neste artigo, abordamos a incorporação da infância nos estudos
sociológicos analisando o texto A Menina Avoada, de Manuel de Barros.
Apresentamos a criança como um ser humano em formação e potencialmente
capaz de criar e de modificar culturas, considerando seus processos de
apropriação, reinvenção e reprodução realizados na interação com os outros e
em seu desenvolvimento. Estudamos os quatro eixos estruturadores das culturas
da infância: ludicidade, fantasia do real, interatividade e reiteração. Entendemos,
também, que a palavra escrita e as ilustrações são fundamentais à compreensão
plena da obra, conjunto gerador de significados que nos impõe a necessidade de
repensarmos nossas concepções sobre criança, infância e cultura.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.