Os diferentes gêneros textuais em A menina que roubava livros e suas funções no construto do romance

Letícia Raiane Santos, Simone Vieira Nunes

Resumo


Este artigo apresenta estudos sobre os gêneros textuais no Romance
Contemporâneo. Pautados sobre os pressupostos teóricos da Linguística Aplicada,
temos como objetivo apresentar os resultados de uma investigação sobre como
os gêneros textuais são abordados no interior do romance “A menina que roubava
livros” e a função que cada gênero apresenta. Os resultados demonstram que
existe uma diversidade significativa de gêneros textuais dentro do romance. Cada
gênero encontrado estabelece relações com os demais gêneros presentes na narrativa,
dialogam entre si, apresentam importantes funções na construção do gênero
romanesco, como direcionar o leitor a entender melhor os fatos narrados ou até
mesmo fornecer informações essenciais acerca do contexto histórico-cultural dos
personagens envolvidos na história.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.