Sujeito e Sentido na Análise de Discurso

Lucas Santos

Resumo


Pretende-se investigar as relações de constituição entre sujeito e sentido
na Análise de Discurso. São trazidos para discussão os conceitos de Ideologia, de
Althusser, e de Inconsciente e Significante, de Lacan, relacionando-os com dois
textos de Pêcheux, a saber, “Só há causa daquilo que falha” (1978) e “A Análise de
Discurso: três épocas” (1983). Observamos que o processo de constituição de um
indivíduo em sujeito está diretamente ligado à questão do sentido. Notamos que
este processo não se dá de maneira uniforme, sem desvios ou contradições; pelo
contrário, o tornar-se sujeito é um percurso constitutivamente falho, disperso,
um caminho aberto ao equívoco.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.