Uma reflexão sobre o ensino de francês em Recife

Larissa Arruda

Resumo


Este artigo traça o status do ensino da língua francesa
em Recife, cidade onde esta língua quase desapareceu das
escolas. A cartografia de oferta do Francês Língua Estrangeira
(FLE) nas escolas públicas é, pois, reduzida. Analisamos a
realidade do FLE nos Núcleos de Línguas do Estado (NELs),
no Núcleo de Línguas e Culturas da UFPE e no Colégio de
Aplicação-UFPE. Nosso objeto de análise foram aulas desses
estabelecimentos. Baseamos-nos em Puren (1988), Tagliante
(1994), Freire (1996), Cuq et Grucca (2005) et Galli (2011)
para estabelecer esse panorama.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.