Política(s) linguística(s): caminhos para a formação da identidade brasileira

Verônica Franciele Seidel

Resumo


Nesse estudo, o objetivo é investigar como a regulamentação da
imprensa corrobora uma política lusófona no Brasil. Para tanto, analisamos
os índices formais de pressuposição em documentos da legislação acerca
do funcionamento da imprensa no Brasil, no período entre 1808 e 1822. Os
resultados alcançados mostram que o jogo de pressuposição nos enunciados
jurídicos evidencia uma trama interacional que reflete e refrata a configuração
social, econômica e cultural da então Colônia, estabelecendo uma política da
língua portuguesa própria do Brasil.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.