Olhos nos olhos, olhos nus: olhos – sublimação literária, inspiração poética...

José Santos

Resumo


Ensaio, no texto que ora apresento, uma relação entre a literatura e a
música por meio da concepção que compreenda a poesia como elo coesivo das
duas expressões, entre as artes de modo geral. Assim, neste ensaio, tomo a poesia
em seu conceito de manifestação intersemiótica e transgenérica, indo beber na
fonte de autores como Paz (2013) e Pound (1976), além da conceitualização do trabalho
com a palavra em seus aspectos verbivocovisual (CAMPOS,A.; PIGNATARI,
D.; CAMPOS, H., 2006). O corpus, consoante a intenção, habita na poesia, ora
na linguagem musical, ora na linguagem literária: Olhos nos olhos, Olhos nus: olhos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Autor, concedendo à revista o direito à primeira publicação

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

ISSN:1984-7408

 

Licença Creative Commons
Esta revista possui trabalhos licenciados com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.